Victor avalia novas contratações do Atlético-MG e acredita em êxito da equipe na temporada 2018

Arqueiro confia em bom desempenho dos novos atletas

Victor avalia novas contratações do Atlético-MG e acredita em êxito da equipe na temporada 2018
Foto: Divulgação/Atlético-MG

Faltam seis dias para a estreia do Atlético-MG no Campeonato Mineiro e o goleiro Victor acredita em um recomeço alvinegro para a temporada 2018. Ao contrário do ano passado, o arqueiro espera que o time possa ter o Estádio Independência como um grande aliado.

“Espero que 2018 seja um ano de grandes conquistas e que 2017 tenha servido como aprendizado para que possamos recuperar nossa força, principalmente jogando em casa, que era nosso ponto forte. Pelas características dos jogadores que temos aqui hoje, temos tudo para fazer do Horto, novamente, uma das nossa armas”, declarou.

Diferentemente das outras temporadas, o Galo não contratou nenhum grande nome. Pelo contrário, o time alvinegro contratou reforços pontuais através de empréstimos.

“As contratações foram pontuais, peças que atendem carências que existiam em relação ao ano passado. Então, vejo o início do ano de forma bastante otimista, bastante positiva. Os treinamentos têm sido muito bons e creio que tem tudo para dar grandes resultados. Os jogadores que foram contratados são de muita capacidade”, disse.

Mesmo sem balançar o mercado, Victor acredita no bom desempenho dos novos contratados e espera que o Atlético-MG possa ter boas conquistas ao longo do ano.   

“Talvez não tenham o status de estrela dos jogadores que tínhamos no ano passado, mas não dá para dizer que um Ricardo Oliveira não tem história, não é um jogador forte e que seja decisivo. O Erik e o Róger Guedes, que foram campeões brasileiros, por mais que não tenham tanta grife, são jogadores vitoriosos e tenho certeza que vieram para conquistar títulos”, frisou.

Victor ainda elogiou a estrutura do clube e avaliou positivamente a pré-temporada alvinegra. “Tem sido positivo. O Atlético é um clube que oferece uma estrutura fantástica e a gente tem observado um nível de trabalho muito bom. O pessoal tem entendido perfeitamente aquilo que o Oswaldo pede nos trabalhos, isso eleva o nível competitivo entre os jogadores e quem ganha com isso é o Atlético. Quando você tem um nível de competitividade entre os atletas, com respeito e amizade, o nível técnico vai, consequentemente, aumentar", concluiu.