Atléticos Paranaense e Mineiro se enfrentam buscando estabilidade no Brasileirão

Equipes estão convivendo com altos e baixos na temporada e esperam ter mais regularidade

A sua maneira, Furacão e Galo buscam estabilidade

Neste domingo (22) a Arena da Baixada será palco do duelo válido pela segunda rodada do Campeonato Brasileiro 2016 entre os Atléticos, paranaense e mineiro às 11h. E num jogo de equipes com objetivos distintos na competição, o que se espera é um confronto franco e com os dois conjuntos buscando o triunfo.

O Furacão que já trocou de técnico na temporada, já foi campeão estadual mas sua estreia no brasileiro preocupou com goleada sofrida ante o Palmeiras porém avançou a terceira fase da Copa do Brasil, já o Galo vice-campeão estadual e eliminado nas quartas da Libertadores, venceu na estreia contra o Santos e agora quer iniciar bem o campeonato que não vence desde 1971.

Vale que o Atlético venceu o Santos na estreia do Brasileirão e ocupa a quinta colocação,  com três pontos, atrás de Coritiba, Fluminense, Santa Cruz e Palmeiras. Já o Furacão, por sua vez, foi goleado pelo Palmeiras, por 4 a 0, e é o lanterna da competição.

Furacão quer repetir desempenho das Copas

Vencedor no campeonato local e único represante de seu estado na terceira fase da Copa do Brasil, a equipe ainda busca pontuar no Brasileirão onde sofreu uma goleada por 4 a 0 contra o Palmeiras na sua apresentação inicial, a expectativa é de que o fator casa faça diferença e a equipe consiga sua primeira vitória.

Vale lembrar que nos dois últimos jogos em casa, a equipe marcou um total de oito gols e não sofreu nenhum, somando os 3 a 0 contra o rival Coritiba e os 5 a 0 contra o Dom Bosco que lhe valeu o avanço a mais uma fase do torneio mais democrático do futebol nacional. Uma vitória seria bem importante para conseguir a estabilidade necessária para fazer uma campanha tranquila na elite do futebol brasileiro.

Após o triunfo diante do time matogrossense tanto o técnico Paulo Autuori quanto o atacante André Lima falaram sobre as chances e expectativas da equipe para esse emparelhamento.

É um jogo difícil. É um ótimo momento para a equipe e torcida estarem juntas, ambiente fantástico. Acho o mais importante é essa retomada com os torcedores. Tenho certeza de que vamos fazer uma campanha boa no Brasileiro. Temos, sim, que parar de ter esse momentos (ruins). Temos uma atitude boa após resultados negativos, é um desafio. Não vou garantir nada, até porque essa respostas têm que ser dadas dentro de campo. Espero ver tudo isso no próximo domingo - afirmou o comandante rubro-negro.

Independentemente de quem vier do time deles, é um plantel de qualidade. Porém, dentro dos nossos domínios, da nossa Arena, temos que fazer prevalecer isso. Já estamos com esse conceito novamente e contra o Atlético-MG tem que ser isso - analisou um dos destaques do time na temporada.

Atlético tem muitos problemas a superar dentro e fora de campo

O time mineiro que foi eliminado na última quarta (18) nas quartas de final da Copa Libertadores contra o São Paulo, vive um turbilhão de notícias complicadas e que colocam em dúvida o desempenho no restante da temporada, primeiro com Diego Aguirre deixando o comando técnico pouco mais de 12 horas após a eliminação no confronto continental.

Ainda sem o substituto definido mas tendo como grande nome especulado, o de Marcelo Oliveira. A equipe deverá ser dirigida nesse cotejo pelo preparador físico Carlinhos Neves que substitui o ex-comandante uruguaio enquanto o novo chefe do corpo técnico não é escolhido por parte da diretoria.

Dentro de campo o time terá alguns desfalques de nomes cruciais, O zagueiro Leonardo Silva e os atacantes Lucas Pratto e Robinho foram vetados pelo departamento médico do Atlético e não entrarão em campo diante do Furacão.

O capitão alvinegro sofre com dores na coxa direita. Já o Pratto sente dores na panturrilha direita depois do jogo contra o São Paulo, nessa quarta-feira (18). Robinho,  por sua vez, segue em tratamento de um incômodo na coxa esquerda. Com isso, os três atletas não devem viajar ao Parará.

Nesta sexta-feira, às 15h, o Atlético realiza o último treino antes da viagem para Curitiba, que deve ocorrer logo após o termino das atividades. No sábado (21), um dia antes à partida contra o xará paranaense, o time mineiro treinará às 11h, em Curitiba, no Centro de Treinamento do Coritiba.