Atlético-PR encara Santa Cruz buscando sair da zona do rebaixamento

Furacão entra em campo visando sair da incômoda vice-lanterna do Brasileirão, enquanto o Tricolor quer voltar ao G-4 após derrota para rival

Atlético-PR encara Santa Cruz buscando sair da zona do rebaixamento
Foto: Gustavo Oliveira/Clube Atlético Paranaense
Atlético-PR
Santa Cruz
Atlético-PR: Weverton; Léo, Thiago Heleno, Wanderson (Paulo André), Sidcley; Otávio, Deivid, Vinícius, Nikão; Ewandro, André Lima. Técnico: Paulo Autuori
Santa Cruz: Tiago Cardoso; Léo Moura, Neris, Danny Morais, Tiago Costa; Uillian Correia, João Paulo, Lelê; Everaldo (Arthur), Wallyson (Keno), Grafite. Técnico: Milton Mendes
ÁRBITRO: Wagner Reway (MT). Assistentes: Eduardo Gonçalves da Cruz (MS), Fábio Rodrigo Rubinho (MT)
INCIDENCIAS: Partida válida pela sexta rodada do Campeonato Brasileiro 2016, a ser realizada na Arena da Baixada, em Curitiba/PR.

Após um começo terrível, o Atlético-PR espera se recuperar no Campeonato Brasileiro 2016 enfrentando o Santa Cruz neste sábado (4) às 16 horas na Arena da Baixada. Ocupando a 19ª posição com apenas quatro pontos ganhos, o Rubro-Negro espera ter como aliado o mando de campo - todos os pontos foram conquistados no Joaquim Américo - e a presença da torcida.

Uma das maiores reclamações da torcida é quanto à falta de eficiência do ataque. Para tentar resolver esse problema, o técnico Paulo Autuori poderá contar novamente com o principal atacante do time, André Lima, que foi poupado na partida contra o Internacional. Além dele, o atacante Ewandro e os meias Vinicius e Nikão também estão liberados para jogar contra os pernambucanos.

Pelo lado do Santa Cruz, o ataque também vem sendo a maior preocupação do técnico Milton Mendes - velho conhecido do Furacão após boa temporada no Brasileirão 2015 - durante a semana. Não pela ineficiência, e sim pela provável ausência de peças importantes no setor. Os atacantes Arthur e Keno não participaram em tempo integral do último treinamento e sua presença só será definida momentos antes do embate.

Quarteto de ataque volta ao time

Poupados no duelo contra o Internacional devido ao desgaste físico, os meias Vinicius e Nikão e os atacantes Ewandro e André Lima são as grandes novidades no time comandado pelo técnico Paulo Autuori. Além da volta do ataque titular, o Atlético terá uma mudança no setor defensivo. O zagueiro Cleberson sofreu uma fratura nos ossos do nariz e uma entorse no joelho durante a última partida e dará lugar a Wanderson, que entrou em campo contra os colorados, ou a Paulo André.

Autuori falou em entrevista coletiva após o treino da última sexta-feira (3) no CT do Caju sobre a volta dos poupados e sobre a mudança na zaga. "A tendência é essa, que voltem. Alteração apenas na impossibilidade, como infelizmente aconteceu com o Cleberson. Ainda não defini, mas como o Paulo está sem jogar há algum tempo, provavelmente o Wanderson irá jogar", afirmou o treinador.

O comandante rubro-negro também demonstrou preocupação com o número de finalizações perdidas. "Temos que ser mais eficazes nas oportunidades que aparecem. Elas poderiam ter nos dado vitórias. Contra o Figueirense deram, mas poderia ser por um placar mais elástico. Se somarmos os jogos do Botafogo e Figueirense, a quantidade de oportunidades de gols que criamos foi ótima. E isto significa algo. Mas o importante é concretizar. Para isso, temos que estar mais atentos e concentrados", comentou.

Prováveis desfalques no ataque coral

A torcida do Santa Cruz tem mais dois motivos para se preocupar após o treinamento realizado no Trieste Stadium - campo com grama sintética como o da Arena da Baixada -  nesta sexta-feira (2): duas das principais peças do time, os atacantes Keno e Arthur, sentiram o desgaste da maratona de jogos e podem não atuar contra o Furacão. O técnico Milton Mendes ainda não divulgou a escalação, mas a tendência é que Everaldo e Wallyson ocupem as vagas do setor.

Milton demonstrou muita preocupação com a condição física dos dois atacantes. "Ainda não tenho definido o time titular. Vamos fazer exames de Keno e Arthur. Com a sequência dos jogos eles são jogadores que se desgastam muito, são protagonistas na forma que eu jogo. Portanto vamos esperar os exames para decidir a equipe. Poupei os dois para dar uma segurada porque a sequência tem sido muito forte. Antes da partida vamos decidir", afirmou o treinador coral.

Em compensação, três atletas que voltaram de contusão estão à disposição do time e devem atuar como titulares. Lelê, que entrou no decorrer do Clássico das Multidões joga como terceiro homem do meio campo. O zagueiro Néris, figura fundamental no setor defensivo, volta para a vaga que vinha sendo ocupada por Alemão. E o lateral-esquerdo Tiago Costa retorna à sua posição após Roberto ter sido expulso contra o Sport.