Buscando recuperação no Brasileiro, Atlético-PR recebe lanterna América-MG

Dois times saíram de campo derrotados na última rodada e brigam pela recuperação no Brasileirão

Buscando recuperação no Brasileiro, Atlético-PR recebe lanterna América-MG
Foto: Divulgação / Clube Atlético Paranaense
Atlético-PR
América-MG
Atlético-PR: Weverton; Léo, Wanderson (Marcão), Thiago Heleno, Sidcley; Otávio, Deivid (Hernani), Vinícius; Nikão, Walter (André Lima) e Marcos Guilherme (Giovanny). Técnico: Paulo Autuori
América-MG: João Ricardo; Jonas, Roger (Messias), Adalberto e Danilo (Gilson); Leandro Guerreiro, Claudinei, Ernandes e Alan Mineiro; Osman e Victor Rangel. Técnico: Sergio Vieira
ÁRBITRO: Luiz Flávio de Oliveira (FIFA-SP). Assistentes: Danilo Ricardo Simon Manis e Rogerio Pablos Zanardo, ambos de São Paulo.
INCIDENCIAS: 13ª rodada do Campeonato Brasileiro. Partida será disputada na Arena da Baixada, em Curitiba (PR), às 18h30.

Com o objetivo de retomar o caminho das vitórias, Atlético-PR e América-MG voltam a campo pelo Campeonato Brasileiro. A partida entre paranaenses e mineiros acontece hoje, às 18h30, na Arena da Baixada, em Curitiba, valendo pela 13ª rodada.

O Atlético-PR sofreu um revés indigesto diante do maior rival na última quarta-feira. O resultado negativo contra o Coritiba travou um momento positivo do Furacão no Campeonato Brasileiro, que vinha de uma sequencia de três jogos sem perder. Para se recuperar, o rubro-negro confia na força da Arena da Baixada, onde a equipe parananese tem números altamente positivos no Nacional. São cinco jogos, com quatro vitórias e um empate.

Por outro lado, o América-MG passa por uma situação crítica e o sinal de alerta vermelho já foi aceso. O time mineiro acumula oito derrotas no Brasileirão e só venceu apenas duas partidas. Para piorar, vê seus oponentes na luta contra o rebaixamento se desgarrarem cada vez mais. Em 20º lugar, com oito pontos, está há três do Santa Cruz, em 19º, e há cinco, do Coritiba, 16º, último time antes da zona do rebaixamento. É por essas e outras que o Coelho precisa encontrar o caminho das vitórias. 

Autuori barra imprensa no último treino e time é um mistério

Após a derrota para o Coritiba, o técnico Paulo Autuori adotou a tática do mistério na formação inicial do Atlético-PR para encarar o América-MG. O treinador rubro-negro não liberou a presença da imprensa no último treino do Furacão, e deve alterar o time para o embate de hoje já tem que um desfalque confirmado. 

A ausência confirmada é do atacante Pablo. O jogador levou o terceiro cartão amarelo diante do Coritiba. Diante disso, correm pela vaga Giovanny ou Marcos Guilherme. O zagueiro Paulo André não treinou por conta de problemas físicos e é dúvida.

O treinador paranaense ganha o retorno de Hernani, que ficou de fora da última rodada. No entanto, a presença do jogador não é certa, podendo a vaga no meio-campo continuar com Deivid, que atuou contra o Coritiba. Autuori falou sobre a dificuldade de escalar o Atlético-PR neste sábado.

"Problema é o acúmulo de jogos seguidos. A equipe esteve muito bem contra o Grêmio e, depois, não viajamos. Então, não havia a necessidade de alterar a equipe na última rodada. Mas a equipe manteve dentro do que tem feito. Estamos analisando aí. Acho que vamos ter que fazer algumas alterações. O Pablo é certo que não jogará. O Hernani está pronto para voltar. Vamos analisar. Sexta-feira é o pior dia porque são 48 horas, é o momento mais crítico da recuperação dos jogadores. Então, vamos analisar. Aí é a rotina", explicou. 

Sergio Vieira tem problemas para escalar o América-MG

A vida do técnico Sergio Vieira não anda fácil no América-MG. Com apenas uma vitória e a equipe mineira na lanterna do Brasileirão, o treinador português tem quebrado a cabeça para escalar o Coelho diante do Atlético-PR.

Em relação ao último jogo, a baixa foi o zagueiro Alison, que teve uma constatada uma lesão grau um no músculo reto-femoral da coxa direita e desfalcará a equipe. Sem o defensor, o técnico Sergio Vieira pode escalar Roger ou Messias, dois jogadores formados nas categorias de base do clube. Sueliton, outro que está a disposição, não foi relacionado pela segunda partida seguida devido as constantes falhas.

No entanto, o treinador ganha duas presenças importantes na lista de relacionados. O volante Pablo e o meia Tony voltam após longo período no departamento médico. Ambos tratavam de uma lesão muscular na coxa direita. O primeiro estava fora desde a final do Campeonato Mineiro, enquanto o segundo não atuava desde a partida diante do Red Bull Brasil, dia 28 de abril, pela Copa do Brasil.

Recém-contratado, Gilson declarou que a equipe deve tirar proveito do momento negativo para surpreender os adversários e se recuperar na competição nacional.

"Temos que tirar proveito disso e mostrar o contrário. Mostrar que somos uma equipe competitiva, que temos condições de vencer jogos fora de casa. Temos que ter determinação, estar focados, para que possamos voltar a vencer e consequentemente recuperar a confiança. Temos que tirar proveito dessa situação que estamos vivendo agora", ressaltou.