Em clássico de torcida única, Atlético-PR e Coritiba se enfrentam por objetivos distintos

Furacão pensa em se aproximar do G-6, enquanto o Coxa quer se afastar do Z-4

Em clássico de torcida única, Atlético-PR e Coritiba se enfrentam por objetivos distintos
Furacão e Coxa voltam a se enfrentar na Série A. (Foto: Divulgação/Coritiba).
Atlético-PR
Coritiba
Atlético-PR: Weverton; Léo, Wanderson, Thiago Heleno e Renan Lodi; Otávio, Hernani, Matheus Rossetto, Lucho González e Lucas Fernandes; Pablo. Técnico: Paulo Autuori
Coritiba: Wilson; Dodô, Luccas Claro, Walisson Maia e Juninho; João Paulo, Juan, Rafael Veiga e Leadro; Iago e Kazim. Técnico: Paulo César Carpegiani
ÁRBITRO: Bruno Arleu de Araújo (RJ), que será auxiliado por Luiz Claudio Regazone (RJ) e Thiago Henrique Neto Correa Farinha (RJ)
INCIDENCIAS: 31ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série A 2016, no estádio Vila Capanema, em Curitiba (PR); A partida começa ás 17h

Com objetivos distintos na Série A, Atlético-PR e Coritiba fazem um clássico decisivo e importante nesse domingo (16), na Vila Capanema, às 17h. Enquanto o time rubro-negro quer a vitória para continuar sonhando com uma vaga para a Libertadores da América, o Coxa quer se afastar ainda mais da zona de rebaixamento.

No primeiro turno, o Atletiba foi bastante disputado, mas quem levou a melhor foi o Coxa, por 1 a 0, com gol de Kazim. Nessa reta final de campeonato, o clássico parece ser muito mais importante para ambas as equipes. Apesar de ser mandante, o Atlético transferiu a partida para a Vila Capanema por conta de um show que será realizado na Arena da Baixada.

Atlético sonha com o G-6 e quer complicar o rival

Mesmo vindo de uma derrota para o Grêmio por 1 a 0 na rodada passada, o Atlético Paranaense não desistiu de seu sonho de alcançar o grupo dos seis melhores times da competição e se classificar para a Libertadores. Em caso de vitória, o Furacão poderá entrar finalmente em sua meta na classificação e ainda complicar o rival Coritiba, que está à 4 pontos do Z-4.

A equipe de Paulo Autuori não poderá contar com o zagueiro Paulo André, que machucou o olho na partida passada e será um dos desfalques. O seu substituto deverá ser Wanderson, favorito para assumir a vaga no sistema defensivo.

Apesar disso, o Atlético também contará com retornos: o atacante Lucas Fernandes volta de suspensão e está à disposição do treinador para a partida. Matheus Rosseto e Marcos Guilherme brigam pela outra vaga e Renan Lodi disputa com Nícolas uma das vagas na lateral.

Além de Paulo André, o Atlético não poderá também contar com o goleiro Lucas Macanhan, o zagueiro Cleberson e os atacantes André Lima e Luan, ambos lesionados. O treinador Paulo Autuori comentou a escalação, os desfalques e quem poderá ser útil para o clássico.

"Eu desci do ônibus e vim para cá (sala de imprensa) porque já estava marcado, não sei de nada. Vou para o treino ainda daqueles que não jogaram e aqueles que ficaram no banco. A princípio, o André (Lima) não, sem chance. O Sidcley, vamos ver, embora ali não haja preocupação. Com o André, sim, porque é onde temos carências de jogadores. Na lateral esquerda, ontem (quinta-feira), mais uma presença muito interessante do Renan (Lodi), que fez um belíssimo jogo e é novo. Tem o Nicolas, então ali não temos problema. vamos aguardar. A princípio, única coisa que posso dizer é isso. O Nikão e o Deivid vão treinar, mas não sei se estarão prontos para ser relacionados ou não", afirmou o comandante.

Coritiba tenta criar motivação para o clássico

O empate em 0 a 0 com o Figueirense na última rodada, jogando no Couto Pereira, não foi um dos melhores resultados para o Coritiba. Apesar disso, o time tenta criar um novo ambiente para o clássico desse domingo (16) e sair com os três pontos com o apoio de sua torcida. A diretoria do Coritiba abriu o treino na manhã deste sábado (15) para o torcedor acompanhar de perto a preparação dos jogadores.

A única dúvida do treinador Paulo César Carpegiani para o clássico é o atacante Kléber, que está voltando de lesão, mas não deve ser confirmado como titular. Os desfalques certos são dois jogadores: o lateral-direito César Benítez e o zagueiro Nery Bareiro, ambos suspensos. Os substitutos serão Dodô e Walisson Maia

Mesmo um pouco mais motivado para o clássico, o Coritiba, em protesto contra os valores de ingressos que a direção do Atlético Paranaense queria cobrar (R$ 200,00) para  a partida, não aceitou que os ingressos fossem vendidos para a sua torcida. Por conta disso, o clássico deverá ser de uma única torcida.

O meia Juan, um dos principais jogadores do Coxa nessa temporada, se mostrou insatisfeito com o preço dos ingressos, mas reforçou a vontade da equipe de buscar a vitória: "É claro que é sempre melhor ter as duas torcidas, isto é a democracia do futebol. Mas, com o ingresso a esse preço, dentro da crise que nós vivemos, fica difícil para o torcedo. Mas, eles compareceram ao treino, vão fazer uma festa bonita no Couto amanhã e nós vamos buscar essa vitória que é importante para nós dentro do Campeonato."