Em momentos opostos, Atlético-PR e Coritiba duelam na Arena da Baixada

Enquanto o Furacão busca se aproximar do G-6, Alviverde tenta se distanciar da zona de rebaixamento; confronto marca volta do atacante Kleber após punição

Em momentos opostos, Atlético-PR e Coritiba duelam na Arena da Baixada
(Foto: Divulgação/Coritiba FC)
Atlético-PR
Coritiba
Atlético-PR: Weverton; Jonathan, Paulo André, Thiago Heleno (Wanderson) e Fabrício; Pavez, Lucho (Rossetto), Sidcley (Lucho), Guilherme e Nikão; Ribamar. Técnico: Fabiano Soares.
Coritiba: Wilson; Léo, Werley, Cleber Reis (Walisson Maia) e William Matheus; Alan Santos, Matheus Galdezani e Longuine; Iago (Jonas), Rildo e Kleber. Técnico: Marcelo Oliveira.
ÁRBITRO: Anderson Daronco com auxílio de Rafael da Silva Alves e Elio Nepomuceno de Andrade Junior
INCIDENCIAS: Partida válida pela pela 23ª rodada do Campeonato Brasileiro, a ser realizada na Arena da Baixada, em Curitiba.

Na manhã deste domingo (10), na Arena da Baixada, às 11h (de Brasília), Atlético-PR e Coritiba duelam pela 23ª rodada do Campeonato Brasileiro. Com objetivos distintos, as equipes vão em busca da vitória para subirem na tabela de classificação. 

Nono colocado com 30 pontos, o Furacão almeja o G-6, para garantir vaga na Libertadores do próximo ano. O Furacão pode assumir a sexta colocação desde que derrote o Coritiba, e seus principais concorrentes - Cruzeiro e Botafogo - não vençam seus compromissos. O Rubro-Negro não terá desfalques para o clássico paranaense. 

Há três jogos sem vencer, o Coritiba ganhou um importante reforço para dar fim ao jejum. O centroavante Kleber Gladiador está de volta ao time, após cumprir 11 jogos de punição, em decorrência da cusparada e agressão ao jogador Edson, do Bahia, pela sétima rodada do Brasileirão. Na 15ª colocação, com 26 pontos, o Coxa pode encostar no rival em caso de vitória. 

 O Atletiba deste domingo marcará a primeira experiência com 100% de aplicação do sistema biométrico em estádios nos jogos da Série A do Campeonato Brasileiro. Todos os torcedores serão cadastrados através da impressão digital, até mesmo os visitantes. 

Fabiano Soares faz mistério antes do clássico

O Atlético-PR terá à disposição todos os jogadores de seu plantel para o Atletiba 374. O técnico Fabiano Soares disse que já pensou na equipe que vai a campo, mas preferiu fazer mistério e não divulgar os onze iniciais para não facilitar a vida do rival. 

“Sinceramente, tenho bem claro quem vai jogar, mas não vou facilitar a vida do Marcelo (treinador do Coritiba), assim como ele não facilitará a minha. Ainda temos treinamento e agora posso ter problemas, é um risco. Mas se todos estiverem recuperados, já sei quem vai entrar”, disse, em entrevista coletiva.

 O treinador ainda falou sobre a situação do meia argentino Lucho González. Recuperado de lesão, o atleta tem 50% de chance de jogar, no domingo, mas não deve ser confirmado entre os titulares. 

"Lucho vem treinando na semana, que é uma possibilidade e temos plano A e plano B. Estamos treinando em cima disso para montar os 11 mais forte possível dentro da estratégia que eu tenho. A possibilidade é de 50% e no treinamento decidimos se ele vai jogar ou não", declarou. 

Provável Atlético-PR: Weverton; Jonathan, Paulo André, Thiago Heleno (Wanderson) e Fabrício; Pavez, Lucho (Rossetto), Sidcley (Lucho), Guilherme e Nikão; Ribamar. 

Com retorno de Kleber, Marcelo Oliveira tem o time definido

O atacante Kleber Gladiador retorna ao ataque do Coritiba em uma partida importante. Marcelo Oliveira confirmou a escalação do jogador, que ficou 11 jogos de fora do time após cumprir a punição imposta pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD). O atacante também sofreu uma lesão antes do jogo contra o Vitória, na última rodada.

Oliveira não sabe quanto tempo o Gladiador poderá ficar em campo. De acordo com o treinador, o atacante será avaliado no decorrer da partida para saber se poderá ficar durante os 90 minutos. O comandante afirmou que o Gladiador vem treinando bem, mas não sabe se ele terá ritmo de jogo.

"A volta do Kleber é muito importante. Ele é um jogador técnico e tem ascensão positiva sobre os jogadores. O cuidado que a gente deve ter é pelo tempo parado, por ele está muito tempo sem jogar. Mas treinou muito bem durante a semana e, na posição dele, é possível que ele jogar uma boa parte do tempo e, quem sabe, o tempo todo", disse. 

Provável Coritiba: Wilson; Léo, Werley, Cleber Reis (Walisson Maia) e William Matheus; Alan Santos, Matheus Galdezani e Longuine; Iago (Jonas), Rildo e Kleber.