Após quarta derrota seguida, Silas pede apoio da torcida: "Juntos vamos sair dessa situação"

Treinador do Avaí lamentou segundo pênalti marcado para o Goiás e lesões na derrota por 2 a 0 em Goiânia, que aproximou o Leão da zona de rebaixamento na Série B

Após quarta derrota seguida, Silas pede apoio da torcida: "Juntos vamos sair dessa situação"
Leão caiu para o 15º lugar (Foto: Divulgação/Goiás EC)

Em Goiânia, o Avaí segurou o empate até os 34 do segundo tempo, mas o Goiás converteu um pênalti - após perder outro - e acabou vencendo por 2 a 0. Anderson Salles, aos 34, e Cassiano, aos 42 do segundo tempo, marcaram os gols que mandaram o Leão da Ilha para o 15º lugar, com 10 pontos, e decretaram a quarta derrota seguida da equipe de Florianópolis.

O técnico Silas lamentou o segundo pênalti marcado para o Goiás e também a expulsão de Luan e as lesões no seu time, que, além de prejudicar o time na partida, pode atrapalhar na sequência da Série B.

"Até o primeiro gol, o jogo estava aberto para nós e para eles. Depois que fizemos a mudança no sistema, melhoramos. Começamos a ter um pouquinho de dificuldade com o Goiás chegando. Depois que alteramos, nós melhoramos, entramos no jogo. E aos 34 do segundo tempo, ele deu o pênalti. Não sei se foi ou não foi, não vou contestar nada, acho que o jogo se resumiu ali. Depois teve a expulsão do Luan, que eu fiquei muito chateado, e as lesões de alguns atletas. Tenho o Romário, o Chapecó, o Braga, e a expulsão do Luan. Tomara que não perca quatro jogadores para o jogo", disse.

Silas agora espera apoio da torcida e afirma que o elenco está unido para se recuperar da sequência ruim. "Agora vamos para casa e juntos. O torcedor tem que ser torcedor do Avaí, não torcedor de vitórias. Ser torcedor de vitórias é fácil, o time precisa dele, o jogadores, como sempre esteve. Só assim, juntos, é que vamos sair dessa situação. Tem muita estrada pela frente. Está todo mundo fechado aqui dentro, jogadores, a gente. Nunca falamos que ia ser fácil. Estamos em um campeonato que é um dos mais difíceis", analisou.

O Avaí tenta a recuperação na próxima terça-feira (21) contra o vice-líder Atlético-GO, na Ressacada, às 19h15. Para esta partida, Luan estará fora após ser expulso, enquanto Gabriel e Renato voltam de suspensão e Jajá deve estar recuperado de lesão.