Aliviado após vitória, Avaí tenta embalar diante do líder Vasco

Leão voltou a vencer após seis rodadas, enquanto time da Colina busca manutenção na liderança e recuperação após derrota em casa

Aliviado após vitória, Avaí tenta embalar diante do líder Vasco
Pela Série A, times empataram em 2015 na Ressacada (Foto: Jamira Furlani/Avaí FC)
Avaí
Vasco
Avaí: Renan; Alemão, André Santos, Gabriel, Capa; Luan, Jajá, Renato, Diego Jardel; Rômulo, William. Técnico: Silas
Vasco: Martín Silva; Madson, Luan (Jomar), Rodrigo, Henrique (Júlio César); Marcelo Mattos (Willian), Julio dos Santos, Nenê, Andrezinho; Éder Luís, Leandrão. Técnico: Jorginho
ÁRBITRO: Elmo Alves Resende Cunha. que será auxiliado por Cristhian Passos Sorence e Adailton Fernando Menezes, todos de GO
INCIDENCIAS: 14ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro 2016, no Estádio da Ressacada, em Florianópolis, SC; a partida começa Às 16h30

Vindo de resultados opostos, mas também em situações bem diferentes, Avaí Vasco voltam a se enfrentar na Ressacada, agora pela Série B. Meses atrás, as equipes lutavam pela permanência na Série A, mas ambos acabaram sendo rebaixados em 2015: o Leão em 17º e o Cruzmaltino em 18º lugar.

As equipes protagonizaram confrontos históricos nos anos recentes. Em 2011, no ano que o Vasco venceu a Copa do Brasil, eliminou o time catarinense na semifinal: 1 a 1 no RJ e 2 a 0 na Ressacada. Já em 2014, o Avaí aplicou a maior goleada sofrida pelo Vasco em São Januário: 5 a 0, pela Série B. No mesmo ano, o Leão comemorou o acesso à Série A com uma vitória por 1 a 0 sobre o mesmo adversário, na última rodada.

No total, foram 18 jogos entre as equipes, com vantagem para o Vasco. Foram 11 vitórias cruzmaltinas, quatro do Avaí e três empates. Na Série A 2015, o time carioca venceu em São Januário por 1 a 0. Já na Ressacada, empate em 1 a 1.

Silas novamente tem problemas com desfalques

Após seis rodadas sem vitória, o Avaí voltou a vencer e se afastou da zona de rebaixamento. O triunfo por 3 a 1 sobre o Vila Nova, levou o Leão aos 15 pontos e agora está a três jogos sem derrota - antes empatou com Atlético-GO e Tupi. Agora, o Leão espera um bom resultado contra o líder para voltar a olhar para cima na classificação.

Mas, em relação a última rodada, o técnico Silas terá que mudar o time titular. O zagueiro Fábio Sanches, por conta da morte do pai, foi liberado pelo clube, enquanto o meia Caio César está fora pelo acúmulo de amarelos. O lateral João Paulo e o volante Braga estão fora recuperando forma física. Já o meia Marquinhos, ídolo do clube, ainda não voltará a ação após cirurgia no joelho em setembro passado. O meia Lucas de Sá e o atacante Romarinho também estão machucados.

Por outro lado, o treinador avaiano terá os retornos dos volantes Judson e João Filipe, que devem começar no banco de reservas. No meio campo, Silas deve transferir Renato da lateral-direita para o meio campo, enquanto Alemão ocupa sua vaga. Na zaga, André Santos possivelmente entra no lugar de Fábio Sanches.

Até por conta desses muitos problemas, o treinador avaiano não confirmou a escalação e disse que testou diferentes formações para enfrentar o líder do campeonato.

"Em primeiro lugar, queremos nos entristecer com o Fábio pela perda do pai, foi muito repentino a coisa. Ele me ligou, e avisou. Queremos deixar o carinho e o abraço para ele. Nós treinamos algumas formações ainda, não sei como o Jorginho vem. Ele está sem o Jorge Henrique, o Luan deve jogar e ele tem o Pikachu, tem o Eder Luís também. Dá para usar com dois volantes também, então ainda não sabemos muito a ideia dele. De acordo com isso, vamos formar o nosso plano de jogo. Por isso que testei algumas situações", explicou.

Treinador do Avaí não confirmou escalação por conta de desfalques (Foto: André Palma Ribeiro/Avaí FC)
Treinador do Avaí não confirmou escalação por conta de desfalques (Foto: André Palma Ribeiro/Avaí FC)

Vasco quer recuperar pontos após derrota em casa

Depois de passar mais de 30 jogos invicto, o Vasco perdeu três das últimas seis rodadas na Série B. Na última rodada, o Cruzmaltino acabou perdendo de virada em São Januário pelo Paraná, por 2 a 1. Mesmo assim, o time mantém-se na liderança, com 28 pontos, mas pode ser alcançado pelo Atlético-GO, que tem três pontos a menos.

O goleiro Martín Silva destacou o crescimento da relevância da partida em Florianópolis, após a derrota em casa, mas também ressaltou a dificuldade de jogar na casa do Avaí, que só perdeu um de seus seis jogos na Ressacada nessa Série B.

"O jogo contra o Avaí cresceu em importância justamente porque não conseguimos fazer a lição de casa e ganhar do Paraná. Poderíamos ter vencido, mas não conseguimos e agora vamos ter que recuperar os pontos perdidos em São Januário. Sabemos que não vai ser uma tarefa tranquila, pois o Avaí é muito forte em Florianópolis, mas não nos resta outra alternativa que não seja o triunfo para seguirmos bem na tabela", disse.

Em comparação a partida da rodada passada, o técnico Jorginho não terá o atacante Jorge Henrique, suspenso. O zagueiro Luan viajou à Florianópolis, mas ainda é dúvida. Jomar pode ser seu substituto, por conta da partida ruim de Aislan contra o Paraná. O volante Marcelo Mattos volta de suspensão e está à disposição.

Elenco do Vasco treinou no CT da Ressacada nesta sexta-feira (1) (Foto: Carlos Gregório Jr/Vasco)
Elenco do Vasco treinou no CT da Ressacada nesta sexta-feira (1) (Foto: Carlos Gregório Jr/Vasco)