Avaí bate Sampaio Corrêa e vence primeira fora de casa após quase seis meses

Com técnico interino, Leão vence por 2 a 1, afunda Sampaio na lanterna e conquista primeira vitória longe da Ressacada na Série B

Avaí bate Sampaio Corrêa e vence primeira fora de casa após quase seis meses
Foto: Elias Auê/Sampaio Corrêa FC
Sampaio Corrêa
1 2
Avaí
Sampaio Corrêa: Rodrigo Ramos; Eder Sciola (Guilherme Lucena, min. 18/2ºt), Rodrigo Arroz, Héverton, Renan Luís; Diogo Orlando, Tássio, Enercino (Henrique, intervalo), Rayllan (Gustavo Marmentini, min. 31/2ºt), Pimentinha; Elias. Técnico: Flávio Araújo
Avaí: Renan; Alemão, Fábio Sanches, Betão, Capa; Luan, Menezes (Judson, min. 12/2ºt), Renato; Tatá (Caio César, min. 31/2ºt), Rômulo, Lucas Coelho (João Filipe, min. 44/2ºt). Técnico: Evando (interino)
Placar: 0-1, min. 28/1ºt, Rômulo. 0-2, min. 14/2ºt, Lucas Coelho. 1-2, min. 41/2ºt, Elias (pên)
ÁRBITRO: Marcelo Aparecido de Souza, auxiliado por Marcia Bezerra Lopes Caetano e Alex Ang Ribeiro, todos de SP. Amarelos: Rodrigo Arroz, Elias, Pimentinha, Diogo Orlando (SAM); Lucas Coelho, Luan, Renan, Tatá (AVA)
INCIDENCIAS: 21ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro 2016, no Estádio Castelão, em São Luís, MA

Depois de quase seis meses e após 18 jogos, o Avaí voltou a vencer fora de casa. O 2 a 1 sobre o lanterna Sampaio Corrêa, no Castelão, veio com gols de Rômulo e Lucas Coelho. Elias, de pênalti, descontou. O Leão, com a primeira vitória fora da Ressacada na Série B, sobe para 26 pontos, na 12ª colocação. O time maranhense continua afundado em 20º lugar, com 14 pontos após 21 rodadas.

Os dois times voltam a campo na próxima terça-feira (30), às 19h15. O Sampaio Corrêa viaja ao Sul para enfrentar o Paraná, enquanto o Avaí joga na Ressacada contra o Luverdense.

Avaí sofre pouco e larga na frente

Após a demissão de Silas, o interino Evando fez quatro alterações no Avaí, que conseguiu um primeiro tempo tranquilo. Apesar da maior posse de bola - 57% -, o Sampaio Corrêa não exigiu em nenhum momento o trabalho do goleiro Renan. Já o Leão, apostando em contra-ataques, levou perigo. Aos 14, após lançamento de Luan, Rômulo desviou e Lucas Coelho apareceu com espaço na entrada da área e bateu forte e Rodrigo Ramos fez movimento estranho, mas mandou a bola para escanteio.

Aos 20, Capa avançou pela esquerda e cruzou na segunda trave para Renato, que desviou de primeira, e mandou com perigo próximo do ângulo do Sampaio. A chance mais importante do Sampaio foi aos 25. Enercino apareceu pela direita e cruzou para Rayllan, que desviou de cabeça com perigo, à esquerda do gol.

Dois minutos depois, Pimentinha ganhou na velocidade de Betão, foi travado pelo zagueiro avaiano e caiu, mas o árbitro não marcou pênalti apesar das reclamações do time da casa. Instantes depois, após saída errada do Sampaio, Tatá arriscou mal de fora da área e a bola sobrou livre para Rômulo, que bateu na saída de Rodrigo Ramos e abriu o placar em São Luís.

A partir do gol sofrido, o Sampaio até tentou imprimir uma pressão, mas somente Pimentinha conseguiu boas jogadas, mesmo assim sem finalizações precisas. Assim, o Avaí segurou o time da casa com tranquilidade e levou o 1 a 0 para o intervalo.

Leão amplia, leva susto no fim, mas garante vitória

O Sampaio Corrêa começou o segundo tempo pressionando e, por pouco, nao empatou aos 10. Após cruzamento da esquerda, Elias tocou de cabeça, Renan salvou e no rebote, Rayllan tentou mandar para o gol já na pequena área, mas Capa travou e a bola foi pela linha de fundo.

Mas, a pressão do Sampaio levou uma balde de água fria aos 14. Capa avançou pela esquerda, cruzou fechado e Lucas Coelho antecipou a zaga e tocou no canto para ampliar a vantagem avaiana. Com 2 a 0 no placar, o Avaí conseguiu controlar o ímpeto dos maranhenses, aumentou a posse de bola e conseguiu levar o jogo com tranquilidade.

Poucos minutos após entrar em campo, aos 31, Marmentini recebeu pela esquerda e bateu cruzado, mas Renan espalmou e no rebote, a zaga avaiana afastou. Quatro minutos depois, Guilherme Lucena bateu falta para área, Heverton subiu mais alto que a defesa e desviou de cabeça por cima do gol.

Mesmo sem pouca inspiração, o Sampaio conseguiu diminuir aos 40. Tássio recebeu dentro da área, foi travado por Alemão e o árbitro marcou pênalti. Na cobrança, Elias deslocou o goleiro Renan e descontou no Castelão. Nos minutos finais, o time da casa tentou até assustar, mas teve pouca eficiência e o Avaí garantiu sua primeira vitória fora de casa na Série B.