Técnico interino Evando confia no Avaí após vitória: "Primordial o comprometimento dos atletas"

Evando elogiou jogadores e afirma que Avaí deve pensar jogo a jogo na Série B do Brasileirão

Técnico interino Evando confia no Avaí após vitória: "Primordial o comprometimento dos atletas"
André Palma Ribeiro/Avaí FC

Após a demissão do técnico Silas, o interino Evando ficou com a missão de comandar o Avaí nos últimos treinos e no jogo diante do lanterna Sampaio Corrêa nesta terça-feira (23). Com atuação para o triunfo, os catarinenses venceram por 2 a 1 e acabaram com o jejum de vitórias fora de casa, somando a primeira na Série B do Campeonato Brasileiro.

"Estou muito feliz. O ponto primordial foi o comprometimento dos atletas. Eu chamei eles numa conversa: vocês resolvem o problema, se vocês acreditaram naquilo que eu estudei da equipe do Sampaio. Eles responderam prontamente que sim, que podia contar com eles. Eu sabia que o Sampaio Corrêa ia precisar jogar muita bola para ganhar do Avaí."

Em discurso de humildade, o treinador interino agradeceu ao trabalho de diferentes profissionais do clube e mostrou sua tamanha satisfação em fazer parte do funcionalismo do Avaí.

"Quero ressaltar alguns profissionais: o Ricardo, cinegrafista, o André, o Pedro, para eu, que estou começando a minha carreira, ter essas pessoas, essa equipe junta, com o departamento médico, o presidente. De 12 anos para cá, eu vesti a camisa desse time, para torcer, para trabalhar. Através da minha vida, o Avaí ganhou vários torcedores, do qual eu faço parte. Hoje eu sou o avaiano mais feliz", comentou o técnico da noite no Maranhão.

"Entendo que no futebol a gente precisa de um padrão para dentro e fora de casa. Só difere a altura das linhas. O Avaí é um grupo em formação. Infelizmente estamos entre o meio e o fim da competição. O treinador que assumir precisa levar esse grupo, que tem qualidade. Vamos trabalhar para terça-feira (30), para que dia a dia o grupo retome a confiança e se forme uma equipe competitiva, sólida e eu acredito demais nesses atletas".

Após, demonstrou a confiança nos atletas, elogiando alguns, como Caio, pelos treinamentos. Ele afirma que o Avaí deve sempre brigar pelo acesso e não somente pela permanência, mas é preciso pensar jogo a jogo pela situação na tabela. Primeiramente, focar no duelo com o Luverdense e montar uma equipe determinada, como merece o Leão, segundo disse.

Ainda não há nome para assumir o Avaí na sequência da competição, enquanto Evando segue no trabalho. Conforme confessou o interino, ele não se diz preparado para continuar no comando técnico e os catarinenses devem anunciar um novo treinador.