Claudinei Oliveira elogia jogadores na série invicta do Avaí: "Todos têm se empenhado"

Treinador comentou vitória no clássico contra o Joinville e afirma que sequência não será fácil

Claudinei Oliveira elogia jogadores na série invicta do Avaí: "Todos têm se empenhado"
Claudinei Oliveira diante do Bragantino, na rodada anterior (Jamira Furlan / Avaí)

O Avaí segue imparável no returno da Série B. Chegou a mais um jogo sem derrota e venceu mais um clássico. Em Joinville, na Arena dos adversários, os avaianos ganharam o duelo catarinense por 1 a 0, com gol ainda no início da partida. Após muita confusão nas arquibancadas, com protesto dos locais, o árbitro encerrou o embate e a equipe do invicto técnico Claudinei Oliveira comemorou mais três pontos. Ao todo, são 42 somados no torneio.

O Leão da Ilha chega ao 3º lugar na Série B do Campeonato Brasileiro em uma campanha de recuperação. Cuidou os resultados para se afastar da zona de rebaixamento e, após a saída do técnico Silas, foi subindo na tabela. Termina a sexta-feira (23) dentro do G-4 e pode continuar inserido, a depender dos resultados que complementam a 27ª rodada.

O goleiro Renan destacou o empenho e comprometimento do grupo e disse que a torcida do Avaí estava de parabéns. O apoio na Ressacada, e mesmo fora de casa, na Arena Joinville, foi fundamental.

O time alviazul superou as ausências do zagueiro Betão e do volante João Filipe, ambos lesionados do enfrentamento com o Bragantino. O técnico já havia frisado que os jogadores estavam executando as tarefas quando acionados. E, mais uma vez, eles deram conta do recado.

"Primeiro vamos pensar no Paysandu e só depois no Goiás. É a forma que viemos fazendo e tem dado certo. Estávamos com proposta de boas transições ofensivas e conseguimos. Finalizamos mais do que eles e chegamos ao gol com o Rômulo. Soubemos suportar a pressão e jogar quando tivemos a bola. A gente vai sofrer. Em alguns jogos, vamos sofrer mais e em outros menos. Não vai ser fácil", disse o treinador sobre a partida e a caminhada em busca do acesso.

"Há jogos que o adversário nos coloca para uma linha mais baixa. Mesmo em casa, estamos com as linhas muito próximas. É algo que trabalhamos", afirmou sobre a formatação da equipe. "O Rômulo tem uma boa presença de área, muita força física, é muito competitivo. O Lucas Coelho também, o Marquinhos tem dado assistência. Todos têm se empenhado muito. Com uma defesa sólida, podemos chegar entre os melhores da competição", completou.

Desde que Claudinei Oliveira assumiu, o Avaí soma seis jogos, com cinco vitórias e um empate. O dado negativo foram os protestos violentos de alguns torcedores do Joinville, que arremessaram rojões ao gramado, inclusive em direção ao goleiro da equipe. Os torcedores avaianos só puderam deixar a Arena quando os locais se dispersaram.

O Avaí volta a campo na sexta-feira (30), quando enfrenta o Paysandu, na Ressacada, em Florianópolis.