Em boa fase, Avaí recebe Coritiba almejando saída da zona de rebaixamento

Leão não perde, nem sofre gols a três rodadas e pode deixar Z-4 em caso de vitória; com técnico pressionado e desfalques, Coxa busca quebrar série de sete jogos sem vencer

Em boa fase, Avaí recebe Coritiba almejando saída da zona de rebaixamento
Paranaenses venceram na última visita à Ressacada, em 2015 (Foto: Jamira Furlani/Avaí FC)
Avaí
Coritiba
Avaí: Douglas; Leandro Silva, Alemão, Betão, Capa; Judson, Wellington Simião (Marquinhos); Rômulo, Pedro Castro, Juan; Júnior Dutra. Técnico: Claudinei Oliveira
Coritiba: Wilson; Rodrigo Ramos, Walisson Maia, Márcio, Thiago Carleto; Jonas, Matheus Galdezani, Anderson; Rildo, Henrique Almeida, Kléber. Técnico: Pachequinho
ÁRBITRO: Raphael Claus, que será auxiliado por Alex Ang Ribeiro e Tatiane Sacilotti dos Santos Camargo, todos de SP
INCIDENCIAS: Jogo válido pela 13ª rodada da Série A do Campeonato Brasileiro 2017, no Estádio da Ressacada, em Florianópolis, SC; a partida começa às 21h

Fechando a 13ª rodada do Campeonato BrasileiroAvaí Coritiba se enfrentam na Ressacada nesta quinta-feira (13), às 21h, em Florianópolis. Sem perder e sem sofrer gols a três rodadas, o Leão da Ilha vem embalado para buscar a saída da zona de rebaixamento, enquanto o Coxa enfrenta a pressão de não vencer a sete rodadas e a queda na tabela de classificação.

O último confronto entre as equipes foi pela Copa da Primeira Liga em 2016 e o Coritiba venceu por 3 a 0, no Couto Pereira. Pelo Brasileiro, o Coxa também se deu melhor no último confronto: na 22ª rodada em 2015, vitoria por 2 a 0, na Ressacada. No total foram 30 confrontos, com 14 vitórias dos paranaenses, sete do Avaí e nove empates.

Prometendo propor jogo, Avaí pode ter retorno de Marquinhos

A vitória por 2 a 0 sobre o Grêmio, fora de casa, empolga o Avaí na luta contra o rebaixamento. Depois de vencer o Botafogo pelo mesmo placar no Rio e empatar com a Ponte sem gols em casa nas rodadas anteriores, o Leão subiu aos 12 pontos, em 18º lugar e, se vencer, pode deixar o Z-4 depois de nove rodadas.

Porém, diferente das vitórias foras de casa, onde o Avaí contou com brilhantes atuações do goleiro Douglas, o técnico Claudinei Oliveira promete o time propondo o jogo diante do Coritiba diante de seu torcedor. A melhora de rendimento em casa é essencial: em cinco jogos até agora na Ressacada, o Leão só venceu um, empatou três e sofreu uma derrota.

Em relação ao jogo contra o Grêmio, o Avaí não poderá contar com o volante Luan e o atacante Joel, suspensos. No ataque, Júnior Dutra será titular, enquanto no meio-campo o time ainda não está definido. Claudinei chegou a afirmar que Marquinhos estaria de volta ao time titular, mas por conta de problemas físicos sua presença ainda não é garantida.

"Conversei com o Marcos segunda e ontem, vamos ver se ele vai para o campo. Ele sabe e conhece o corpo melhor que cada um, a questão não é dor, ele tem uma tolerância. É o incômodo de ter movimentos e não fazer. Vamos ver, a ideia é contar com ele, de em casa tentarmos uma forma de propor em casa. O Marcos dá essa qualidade. Vamos esperar e conversar para saber que situação ele está", afirmou o treinador.

No treinamento de ontem (quarta-feira, 12), Judson foi poupado, mas sua presença no jogo não parece estar comprometida. Assim, a dúvida no meio-campo continua: um entre Wellington Simião, autor de um dos gols contra o Grêmio, e Marquinhos, deve ser titular.

Despencando na tabela, Coritiba tem que lidar com desfalques para buscar recuperação

Após um ótimo início de Brasileiro, o Coritiba já acumula sete rodadas sem vencer. Na última segunda-feira (10), o time foi derrotado em casa pelo Sport por 3 a 0 e saiu do Couto Pereira sob protestos da torcida. Com 16 pontos, o Coxa ocupa a 12ª colocação, quatro pontos atrás do G-4, mas com a mesma distância em relação ao Z-4.

Além da sequência incômoda, o técnico Pachequinho ainda terá que lidar com os desfalques. Expulso contra o Sport, William Matheus dará vaga ao ex-avaiano Thiago CarletoTiago Real, que foi substituído na última rodada, está fora por lesão e Jonas entrará em seu lugar. O zagueiro Werley e o volante Alan Santos continuam se recuperando de lesão. Matheus Galdezani, que também sentiu uma contusão durante a partida anterior, está confirmado.

Apesar da pressão por resultados, Pachequinho espera uma postura inteligente do Coritiba diante de um adversário embalado e empolgado pelos últimos resultados.

"Não é desespero de chegar lá e vencer de qualquer jeito. Tem que vencer organizado, tem que buscar o resultado organizadamente. Vamos enfrentar um adversário que vem de uma vitória e, com certeza, vão estar motivados. Temos que ser inteligentes, agressivos e ambiciosos, mas sempre atento, principalmente à questão defensiva, para que nossa equipe não seja surpreendida", disse o treinador.


Share on Facebook