Avaí é superado pelo lanterna Atlético-GO e perde invencibilidade no returno

Equipe goianiense venceu por 2 a 0 em Florianópolis e acabou com sequência de jogos sem derrota do Leão

Avaí é superado pelo lanterna Atlético-GO e perde invencibilidade no returno
Foto: Jamira Furlani/Avaí FC
Avaí
0 2
Atlético-GO
Avaí: Douglas Friedrich; Leandro Silva, Fagner Alemão, Betão e Capa; Judson, Wellington Simião, Pedro Castro (Marquinhos) e Juan (Luan Pereira); Joel (Willians), e Junior Dutra. Técnico: Claudinei Oliveira
Atlético-GO: Marcos; Jonathan (Silva), William Alves, Eduardo Bauermann e Bruno Pacheco; Ronaldo, Paulinho (André Castro), Jorginho e Andrigo (Niltinho); Luiz Fernando e Walter. Técnico: João Paulo Sanches
Placar: 0-1, Luiz Fernando. 0-2, Walter
ÁRBITRO: RAPHAEL CLAUS AUXILIADO POR ALEX ANG RIBEIRO E ALBERTO POLETTO MASSERA
INCIDENCIAS: PARTIDA VÁLIDA PELA 26ª DO BRASILEIRÃO SÉRIE A, REALIZADA NO ESTÁDIO DA RESSACADA

O Avaí recebeu o Atlético-GO na tarde deste domingo, em partida válida pela 26ª rodada do Brasileirão. A equipe visitante acabou levando a melhor e venceu pelo placar de 2 a 0. 

Com a derrota o Avaí quebra a sequência de invencibilidade, que já chegava a sete partidas, e fica com 30 pontos na 17ª colocação. Já o Atlético-GO, apesar de somar três pontos, segue na lanterna, com 25 no total.

Com equipes fechadas, o primeiro tempo foi sem gols

O Atlético-GO começou movimentando a bola, tentando avançar para o ataque pela direita, mas a jogada foi parada com falta pela defesa do Avaí. Na sequência o time da casa respondeu com Capa, que lançou para Pedro Castro, mas a bola acabou saindo pela linha de fundo.

Perto dos 10 minutos de partida as duas equipes tentavam furar o bloqueio adversário. O Atlético-GO tinha maior movimentação no meio de campo, tendo assim maior posse de bola. Aos 11’, a bola chegou na área para Walter, mas o zagueiro Betão subiu mais que o atacante para cortar. Em seguida foi a vez do Avaí partir em busca de abrir o placar, mas a arbitragem marcou impedimento de Pedro Castro que havia recebido lançamento e logo depois Joel também foi flagrado em impedimento, após passe de Capa.

Passados os 20’ de partida na primeira etapa, os times permaneceram jogando fechados, sem levar perigo ao gol adversário. O Dragão, apesar de ser o visitante chegava mais, sem dar espaço para pressão do Avaí. Aos 22’ Jonathan cruzou para Walter, mas Alemão cortou. Logo após, Simião tentou lançar para Junior Dutra, mas o chute foi forte demais.

A primeira boa chance na partida foi do time visitante, aos 30 minutos. Andrigo mandou um chute cruzado na entrada da área e acertou a trave. Em seguida o Dragão continuou levando perigo com Paulinho, que recebeu de Luiz Fernando e soltou a bomba à direita do gol de Douglas Friedrich.

O Avaí não demorou muito para responder o bom momento do adversário. Aos 33’ Fagner Alemão surgiu pela intermediária e soltou o pé, mandando a bola com força, levando perigo ao goleiro Marcos.

Na reta final da primeira etapa os times não arriscaram. O Avaí passou a trocar mais passes no campo de ataque, enquanto a defesa do Atlético-GO impedia a passagem.

Atlético-GO faz dois e garante vitória

A segunda etapa começou com as duas equipes se defendendo. O Avaí tentou sair mais para o jogo, buscando o primeiro gol na partida, mas a defesa do Dragão acabou barrando as jogadas com forte marcação.

 Apesar do time da casa se mostrar mais, foi o visitante que teve a primeira boa oportunidade do segundo tempo. Aos 7 minutos, Jorginho cruzou para Luiz Fernando, que cabeceou para bela defesa de Douglas Friedrich. Na sequência o Avaí respondeu com perigo. A bola sobrou na entrada da área para Judson, que chutou com força, a finalização desviou mas ainda assim levou perigo para Marcos.

O primeiro gol da partida saiu de pênalti. Capa derrubou Andrigo na área, e o árbitro marcou a penalidade. Luiz Fernando foi para a bola e mandou no canto esquerdo, abrindo o placar para o Atlético-GO. E não demorou muito para que o Dragão ampliasse o placar. Aos 17’, Walter recebeu de Paulinho e mandou no canto esquerdo de Douglas, aumentando a vantagem do time visitante.

Depois de sofrer dois gols o Avaí tentou diminuir a diferença. Após cobrança de falta, Willians ficou de cara pro gol, mas acabou mandando para fora. O Atlético-GO por sua vez continuou procurando oportunidades de ampliar ainda mais o placar, aos 23’, após tabelar com Luiz Fernando, Andrigo finalizou, mas Douglas Friedrich fez boa defesa. Na sequência nova chance para o Avaí. Leandro Silva Cruzou e Willians novamente ficou na cara do gol e perdeu a chance de diminuir a vantagem do adversário.

O time da casa continuou buscando seu primeiro gol no jogo. Aos 35’ Willians apareceu na área e a bola tocou no braço de André Castro. A equipe de Claudinei Oliveira reclamou penalidade, mas o árbitro não marcou.

Na reta final o time catarinense passou a pressionar o adversário na tentativa de marcar e diminuir a diferença, mas a defesa do Atlético-GO levou vantagem nas jogadas. A partida terminou com vitória da equipe goianiense

Avaí Futebol Clube