Avaí e Vasco jogam em busca de reabilitação após tropeços em casa

Leão perdeu na Ressacada para lanterna Atlético-GO, teve invencibilidade de sete jogos quebrada e voltou ao Z-4; Cruz-Maltino empatou com Chape em casa e se aproximou da luta conta descenso

Avaí e Vasco jogam em busca de reabilitação após tropeços em casa
Foto: Paulo Fernandes/Vasco da Gama
Avaí
Vasco
Avaí: Douglas; Leandro Silva, Alemão, Betão, Capa; Judson, Wellington Simião; Júnior Dutra, Pedro Castro, Juan (Luanzinho); Joel. Técnico: Claudinei Oliveira
Vasco: Martín Silva; Madson, Paulão, Anderson Martins, Ramon; Andrey, Wellington; Mateus Vital, Nenê, Wagner; Andrés Rios. Técnico: Zé Ricardo
ÁRBITRO: Wagner Reway (MT), que será auxiliado por Fábio Rodrigo Rubinho (MT) e Eduardo Gonçalves da Cruz (MS)
INCIDENCIAS: Partida válida pela 27ª rodada da Série A do Campeonato Brasileiro 2017, no Estádio da Ressacada, em Florianópolis, SC; a partida começa às 21h45

Separados por apenas três pontos, mas por oito posições, Avaí Vasco jogam nesta quarta-feira (11), na Ressacada, buscando voltar a vencer após resultados negativos em casa. Na luta contra o rebaixamento, o Leão busca se aproximar do rival e trazer o time carioca para a zona da 'confusão' do Campeonato Brasileiro.

No primeiro turno, o Vasco superou o Avaí por 1 a 0, com gol de Yago Pikachu. No total, as equipes se enfrentaram 21 vezes na história, com 12 vitórias cruz-maltinas, cinco dos catarinenses e quatro empates.

Avaí tem dúvida no meio-campo

Depois de passar sete partidas invicto, o Avaí acabou perdendo em casa para o lanterna Atlético-GO por 2 a 0, e voltou ao Z-4 do Brasileirão. Com 30 pontos, o Leão é o 18º colocado, mas apenas a um ponto do primeiro time fora da zona de rebaixamento. O retrospecto avaiano não é muito animador dentro da Ressacada. Em 13 jogos, foram três vitórias, sete empates e três derrotas do Leão - 17ª campanha - e apenas sete gols marcados.

A atuação ruim na última rodada trouxe dúvida ao técnico Claudinei Oliveira, que dificilmente muda o time por opção técnica. Assim, o meia Luanzinho, 17 anos, da Seleção Brasileira Sub-17, pode ganhar vaga entre os titulares na vaga do experiente Juan.

"A gente não pode analisar todo o trabalho por uma partida (derrota para o Atlético-GO). Eu tento separar bem isso, tenho uma tolerância grande com o erro e conseguimos identificar o motivo dos erros. Não tinha nenhum atleta disperso no jogo e em contrapartida temos que levar em consideração atletas que estão evoluindo, como o Luanzinho. Estamos pensando nele. A única possibilidade é essa se ele entrar, aí vamos ver, conversar com ele, como está se sentindo", explicou o treinador.

Por suspensão, Zé Ricardo muda defesa pela primeira vez

O tropeço do Vasco em casa diante da Chapecoense por 1 a 1, após sair na frente do placar, manteve o time no meio da tabela do Brasileiro, mas com uma pontuação próxima dos times do Z-4. Com 33 pontos, o Cruz-Maltino ocupa o 10º lugar, porém apenas três pontos a frente de Sport e do próprio Avaí, que estão no descenso. Fora de casa, o time carioca conquistou três vitórias, três empates e perdeu sete partidas, o quinto pior aproveitamento como visitante da competição.

Pela primeira vez desde que assumiu o Vasco, o técnico Zé Ricardo precisará mexer na sua defesa. Suspenso pelo terceiro cartão amarelo, Breno está fora e será substituído por Paulão. No meio campo, Andrey deve ganhar a vaga de Jean.

"Andrey consegue fazer bem como primeiro e segundo homem no meio. Tem boa chegada à frente, um bom nível de finalização. Ele entrou bem contra o Sport, perdeu um gol contra o Sport que quase nos deu a vitória. Nessa perspectiva estamos pensando em utilizá-lo", disse o comandante.

Por outro lado, Luís Fabiano continua fora, se recuperando de lesão. A possibilidade mais provável é que o centro-avante fique à disposição contra o Botafogo, no próximo sábado (14). 

Avaí Futebol Clube