Com dois de Zé Roberto, Bahia aproveita expulsão do Avaí no primeiro tempo e vence na Fonte

Tricolor tomou conta do jogo a partir dos 20 minutos da primeira etapa, quando Alemão tomou cartão vermelho, e venceu por 2 a 1 na primeira rodada da Série B

Com dois de Zé Roberto, Bahia aproveita expulsão do Avaí no primeiro tempo e vence na Fonte
Atacante da base resolveu para o Tricolor (Foto: Will Vieira/EC Bahia)
Bahia
2 1
Avaí
Bahia: Marcelo Lomba; Tinga, Lucas Fonseca, Jackson, Moisés; Feijão (Luisinho, min. 13/2ºt), Paulo Roberto (Juninho, min. 22/1ºt), Danilo Pires, João Paulo (Gustavo Blanco, min. 27/2ºt); Zé Roberto, Thiago Ribeiro. Técnico: Doriva
Avaí: Renan; Alemão, André Santos, Gabriel, Vitor Costa (Tatá, intervalo); Lucas de Sá (Lucas Fernandes, min. 29/2ºt), Jajá, Vinícius Pacheco; Tauã, Romarinho, William (Fábio Sanches, min. 22/1ºt). Técnico: Silas
Placar: 1-0, min. 47/1ºt, Zé Roberto. 2-0, min. 23/2ºt, Zé Roberto. 2-1, min. 45/2ºt, Vinícius Pacheco
ÁRBITRO: Pablo Ramon Gonçalves Pinheiro, auxiliado por Vinicius Melo de Lima e Jean Marcio dos Santos, todos do RN. Amarelos: Zé Roberto, Feijão, Juninho (BAH). Vermelho: Alemão (AVA)
INCIDENCIAS: 1ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro 2016, na Arena Fonte Nova, em Salvador, BA. Público: 10.070 pagantes. Renda: R$ 106.705,00

Na primeira rodada da Série B, o Bahia bateu o Avaí por 2 a 1 e garantiu a vitória diante de seu torcedor. O time catarinense perdeu Alemão expulso aos 20 do primeiro tempo, e o Tricolor contou com dois gols de Zé Roberto para abrir vantagem. Vinícius Pacheco descontou no fim do jogo.

Na próxima rodada, os dois times entram em campo no sábado (21). O Bahia visita o Paraná, às 16h30. Já o Avaí joga em casa contra o Sampaio Corrêa, às 16h, na Ressacada.

Avaí perde Alemão expulso e Bahia larga na frente

Logo na primeira jogada da partida, João Paulo deixou Thiago Ribeiro com espaço para invadir a área, mas Alemão conseguiu se recuperar e travou o chute, que parou em Renan. Apesar desse começo, o começo da partida foi equilibrado. O Avaí manteve a posse de bola e trabalhava em triangulações no ataque, enquanto o Bahia usava mais da velocidade.

Aos 4, Moisés avançou pela esquerda, recebeu e arriscou de pé direito, mas Renan fez defesa segura. Aos 10, William tabelou com Vinícius Pacheco, invadiu a área e bateu de pé esquerdo, mas Marcelo Lomba fez boa defesa.

Esse panorama de equilíbrio durou até os 20, quando em uma dividida no meio campo, Alemão levantou muito o pé buscando a bola, acertou a cabeça de Paulo Roberto e foi expulso com vermelho direto - o único cartão do Leão no jogo. O volante do Bahia inclusive foi atendido pela ambulância e foi substituído por Juninho. A partir daí, o Bahia tomou a posse de bola para si - terminou o primeiro tempo com 62% -, mas os visitantes conseguiram se portar bem e não sofreram grande pressão, com o tricolor abusando muito de cruzamentos.

Aos 43, João Paulo recebeu na intermediária, arriscou chute forte e exigiu grande intervenção de Renan. Depois de 20 levantamentos frustrados para a área avaiana, Moisés cruzou do lado esquerdo e Zé Roberto subiu no meio dos zagueiros do Avaí para desviar de cabeça e mandar no canto de Renan para abrir o placar na Fonte.

Bahia domina jogo e garante resultado

No intervalo, o Avaí trocou o lateral-esquerdo Vitor Costa pelo atacante Tatá, buscando um esquema com alas ofensivos, mas foi pouco efetivo. Logo com um minuto, Vinícius Pacheco recebeu pela direita com espaço, passou por Moisés e bateu cruzado, mas Marcelo Lomba interceptou e fez a defesa, em uma das poucas chances do Leão na segunda etapa.

O Bahia continuou com a mesma posse de bola do fim do primeiro tempo, terminando com 69% de posse de bola e finalizou 26 vezes, contra seis do Avaí, mas continuou com dificuldades de furar a defesa azul, que se fechou tentando explorar contra-ataques. Mas, aos 22, em nova jogada lateral, Tinga chegou até a linha de fundo e cruzou para Zé Roberto que, de letra, surpreendeu a defesa do Avaí e ampliou a vantagem tricolor.

A partir daí, o Avaí se abriu tentando descontar, e o Bahia passou a ter muitas chances. Aos 25, após bola alçada na área, a bola sobrou para Moisés, que devolveu para a área e Zé Roberto tentou de bicicleta, mas Renan caiu no canto direito para fazer a defesa. Quatro minutos depois, em contra-ataque pela esquerda, Moisés bateu cruzado e Renan fez a defesa em dois tempos. Aos 35, em novo contra-ataque do Bahia, Luisinho cruzou para a área e Thiago Ribeiro finalizou na entrada da pequena área, mas Renan apareceu para fazer grande intervenção.

Já aos 45, o Avaí conseguiu o que buscou desde os 20 da primeira etapa. Em contra-ataque puxado pelo meio, Tauã avançou com espaço pela esquerda e bateu para o gol. Marcelo Lomba desviou, mas Vinícius Pacheco ficou com gol aberto para mandar para as redes e descontar em Salvador. Depois disso, o time só conseguiu uma falta frontal, mas a jogada foi impugnada por impedimento, e o Bahia garantiu a vitória na estreia.