Bahia enfrenta CRB buscando se consolidar no G-4 da Série B

Tricolor volta a Pituaçu e tenta emplacar terceira vitória consecutiva; Galo visa novo triunfo fora de casa para entrar no seleto grupo de acesso

Bahia enfrenta CRB buscando se consolidar no G-4 da Série B
(Foto: Felipe Oliveira/EC Bahia)
Bahia
CRB
Bahia: Marcelo Lomba; Tinga (Hayner), Lucas Fonseca, Jackson e Moisés; Feijão, Juninho, Danilo Pires, Renato Cajá e Thiago Ribeiro (Luisinho ou Edigar Junio); Hernane Brocador. Técnico: Doriva.
CRB: Juliano; Jonathan Bocão, Adalberto, Flávio Boaventura e Diego Corrêa; Olívio, Matheus Galdezani, Somália, Gérson Magrão e Luidy (Rodolfo); Lúcio Maranhão. Técnico: Mazola Júnior.
ÁRBITRO: Sebastião Rufino Ribeiro Filho (PE), auxiliado por Fabiano da Silva Ramires (ES) e Francisco Chaves Bezerra Júnior (PE)
INCIDENCIAS: Partida a ser realizada no Estádio de Pituaçu, em Salvador/BA, válida pela oitava rodada do Campeonato Brasileiro da Série B 2016. Jogo disputado às 19h15 desta sexta-feira (10).

Um tradicional duelo nordestino abre a oitava rodada do Campeonato Brasileiro da Série B 2016. No Estádio de Pituaçu, em Salvador/BA, Bahia e CRB medem forças a partir das 19h15 desta sexta-feira (10). De um lado, o Tricolor de Aço tenta o terceiro triunfo consecutivo como mandante para continuar no G-4. Do outro, o Galo busca mais uma vitória para entrar no grupo que garante acesso à elite nacional.

Bahia tenta emplacar terceira vitória seguida no retorno a Pituaçu

Como no ano passado, o Bahia é citado como um dos favoritos ao acesso à elite do futebol nacional, por causa de sua estrutura, história e tradição. Mas o time tenta atingir o objetivo com o que é mais importante: pontuação. Para isso, um bom início de campeonato é necessário a fim de ter tranquilidade na reta final da competição. O Esquadrão obteve duas vitórias nos dois confrontos anteriores (Paysandu e Goiás) e espera emplacar o terceiro triunfo contra o CRB no retorno ao Estádio de Pituaçu para manter a curva ascendente.

O Bahia atuou como mandante no palco esportivo do confronto no ano passado, quando não conseguiu a classificação na Copa do Brasil contra o Paysandu. Na atual temporada, atuou contra a Juazeirense e o Fluminense de Feira de Santana como visitante, e venceu os dois jogos. Ao todo, desde 2009, foram 148 jogos em Pituaçu, com 80 vitórias, 42 empates e 29 derrotas.

Por causa do pouco tempo entre os jogos para descansar e corrigir os erros cometidos, a tendência é que o Bahia mantenha a formação dos últimos confrontos, principalmente em relação à partida contra o Goiás. O técnico Doriva ganha o retorno de Edigar Junio, que ficou ausente por causa de dores musculares na coxa. Existem dúvidas que serão resolvidas apenas momentos antes de a bola rolar. Hayner e Tinga brigam por vaga na lateral-direita, enquanto Thiago Ribeiro, Luisinho e Edigar Junio disputam uma vaga no ataque.

O goleiro Marcelo Lomba, titular da equipe, tem boas recordações do Estádio de Pituaçu e espera que o jogo de hoje tenha um resultado positivo para o Tricolor da Boa Terra, como uma forma de manter a sequência positiva de resultados na Série B.

"Quando cheguei, peguei uma época de Pituaçu sempre muito cheio. A gente tem uma identificação. Foi aqui que duas vezes o Bahia conquistou dois Campeonatos Baianos. Teve o acesso, que eu não participei. Bahia tem uma história aqui. O campo é muito bom. Para a torcida, é um lugar legal. Mas a gente sabe que o mais importante é chegar aqui, fazer um bom futebol, vencer, e, se Deus quiser, convencer, para a gente se afirmar na competição", afirmou o arqueiro.

CRB tenta emplacar sequência vitoriosa para entrar no G-4

A depender dos resultados da rodada, uma vitória do CRB contra o Bahia pode colocar a equipe alvirrubra no seleto grupo de equipes que garantem vaga na Série A em 2017. Embora o campeonato ainda esteja em sua reta inicial, é fundamental pontuar para ter sucesso nas metas planejadas antes do torneio começar. Os alagoanos podem conquistar a terceira vitória fora de casa na atual edição do Brasileiro, o que já deixaria a marca negativa do ano passado para trás, quando venceu apenas dois dos 19 jogos disputados como visitante.

Assim como todos as outras equipes participantes da Série B, o CRB sofre com o desgaste das partidas, com rodadas praticamente em todas as terças-feiras e no fim de semana, e a preocupação principal gira em torno do condicionamento físico dos atletas. Foram seis jogos em 18 dias e poucas alterações foram promovidas na equipe titular.

Para o confronto contra o Bahia, o lateral-direito Jonathan Bocão retorna depois de cumprir suspensão automática. O volante Somália deve retornar ao meio de campo. Outra possível modificação é a entrada de Rodolfo no lugar de Luidy. Embora o jovem garoto ganhe destaque com boas atuações, o desgaste físico pode determinar a entrada de Rodolfo, autor do gol da vitória contra o Sampaio Corrêa, na última terça-feira (07).

O próprio atacante falou que o gol marcado na rodada passada o premia como resultado de um trabalho intenso. Rodolfo destacou que quer entrar em campo como titular, mas vai esperar a oportunidade chegar, uma vez que confia no trabalho de todo o grupo.

"É fruto do dia a dia, do trabalho. Venho treinando firme para poder entrar e fazer o meu melhor. Graças a Deus estou entrando e podendo ajudar o CRB, mas tenho que manter os pés no chão pois ainda é o começo. Está tudo muito bom. Me receberam super bem, já conhecia alguns jogadores, outros não, mas me acolheram muito bem. Agora é trabalhar, buscar aos poucos meu espaço e sempre respeitar. Quando Mazola Júnior optar em me colocar, eu vou estar preparado e aproveitar essa chance da melhor forma possível", afirmou o atacante.