Bahia visa consolidação no G-4 e invencibilidade como mandante contra estável Londrina

Esquadrão de Aço tenta recuperar sequência de resultados positivos, enquanto Tubarão busca melhorar panorama na tabela de classificação

Bahia visa consolidação no G-4 e invencibilidade como mandante contra estável Londrina
(Foto: Felipe Oliveira/EC Bahia)
Bahia
Londrina
Bahia: Marcelo Lomba; Tinga, Jackson, Lucas Fonseca e Moisés; Paulo Roberto, Juninho, Danilo Pires, Thiago Ribeiro e Régis; Hernane. Técnico: Doriva.
Londrina: Marcelo Rangel; Igor Bosel, Matheus, Luizão e Léo; Germano, Rafael Gava e Júlio Pacato (Rondinelly); Zé Rafael, Jô e Itamar. Técnico: Cláudio Tencati.
ÁRBITRO: Leandro Bizzio Marinho (SP), auxiliado por Herman Brumel Vani (SP) e Bruno Salgado Rizo (SP)
INCIDENCIAS: Partida a ser realizada às 16 horas deste sábado (18), na Arena Fonte Nova, em Salvador/BA. Jogo válido pela 10ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B 2016.

Na última rodada, Bahia e Londrina não conseguiram vencer. Ambos jogaram fora de casa e viram os resultados de formas diferentes. O Esquadrão de Aço esteve à frente do marcador contra o Criciúma e desperdiçou ótima oportunidade de encostar na liderança. O Tubarão empatou contra o Oeste e viu a igualdade no marcador como a conquista de um ponto importante.

Chegou a hora das equipes medirem forças. Invicto como mandante, o Tricolor da Boa Terra encara o clube paranaense às 16 horas deste sábado (18), na Arena Fonte Nova. O jogo é válido pela décima rodada do Campeonato Brasileiro da Série B. Atualmente, o Bahia ocupa o terceiro lugar, com 17 pontos ganhos, enquanto o Londrina está na 11ª posição, com 13 pontos somados até aqui.

Manter bons índices como mandante para buscar acesso

O Bahia é apontado como uma das equipes favoritas a conseguir o acesso à elite do futebol nacional. Pesam a camisa, a torcida, a tradição e a glória da equipe tricolor. Após ficar no quase na temporada passada, o time vê a oportunidade de fazer um bom início de competição nacional para ter mais tranquilidade na reta final e poder comemorar o retorno à Série A.

Para evitar a superação dos principais concorrentes, é necessária a reabilitação imediata. Encarar um adversário que ainda não conseguiu vencer fora de casa é uma boa oportunidade de reencontrar o caminho das vitórias. Para o jogo desta tarde, o Bahia conta com alguns desfalques. O volante Feijão e o meia Renato Cajá estão suspensos. No departamento médico, estão Edigar Junio, Mário, Gustavo e Yuri. A tendência é que Paulo Roberto, Régis e Thiago Ribeiro sejam escalados como titulares.

A novidade na lista de relacionados é João Paulo Penha. Emprestado ao CSA na disputa do Campeonato Alagoano, o jogador agrada nos treinamentos e pode entrar em campo no decorrer da partida. Certamente entre os titulares, o zagueiro Jackson destacou a importância de somar pontos dentro de casa. Para isso, todos no elenco precisam estar focados na busca do objetivo principal.

"Jogo dentro de casa é importantíssimo a gente somar. Não podemos deixar de lado. Em casa, a gente não pode perder pontos. E, quando sair de casa, poder roubar alguns pontos. Em casa, a gente não pode pensar em outro resultado a não ser o triunfo. Isso tem que estar na cabeça de todo mundo. Espero que o torcedor possa comparecer na Arena Fonte Nova e nos apoiar", afirmou.

Superação para buscar primeira vitória como visitante

A campanha do Londrina no retorno à Série B do Campeonato Brasileiro é marcada pela instabilidade. A equipe paranaense começou o torneio muito mal, se recuperou e passa por um momento de revés onde tenta se equilibrar na tabela de classificação. O ponto conquistado diante do Oeste fora de casa foi muito importante, mas o foco do clube agora é manter o mesmo nível nos setores ofensivo e defensivo. O LEC tem a segunda melhor defesa (seis gols sofridos) e o quinto pior ataque (sete tentos assinalados).

O time viajou a Salvador nesta sexta-feira (17). O técnico Cláudio Tencati não poderá contar com alguns jogadores. O atacante Paulinho Moccelin e o lateral-direito Romário cumprem suspensão automática. O zagueiro Sílvio sente a coxa e o atacante Keirrison foi poupado por causa de desgaste físico. O atacante Bruno Batata não foi relacionado.

Por outro lado, retornam o lateral-direito Igor Bosel, o meia Rafael Gava e o atacante , que cumpriram suspensão na rodada anterior e estão aptos para a partida. A novidade na lista de relacionados é o atacante Paulinho, recuperado de um problema no púbis e à disposição pela primeira vez no Brasileiro. A dúvida do treinador é no meio de campo. Rondinelly, melhor na armação de jogadas, disputa vaga com Júlio Pacato, mais eficiente na marcação. A dúvida será solucionada momentos antes de a bola rolar.

Cláudio Tencati destacou que o Londrina precisa buscar o equilíbrio nos setores do campo durante as rodadas, uma vez que os treinamentos são poucos, além de falar que não gosta de mexer muito na equipe, principalmente quando a comissão técnica avalia o momento com bons olhos.

"É uma equipe que tem seguido alguns critérios que eu tenho colocado, principalmente o equilíbrio de se defender bem e atacar bem. A equipe tem tido essa segurança em jogos fora ou em casa. É esse equilíbrio que eu tenho pedido para a equipe. Não tenho ideia de mudar muito. Está dando certo e acredito que não tem que ser mudado. O time fica leve, produtivo, tem saída pelos lados, tem valocidade, marcação forte. A gente tem que acreditar nisso", ponderou o treinador.