Londrina vence Bahia e entra de vez no G-4 da Série B

Com gol de Anderson nos primeiros minutos da partida, Tubarão volta a ocupar a quarta posição do certame e deixa o Bahia em situação cada vez mais complicada para o acesso

Londrina vence Bahia e entra de vez no G-4 da Série B
Foto: Divulgação/Esporte Clube Bahia
Londrina
1 0
Bahia
Londrina: Marcelo Rangel; Lucas Ramon, Everton Sena, Marcondes, Léo Pelé; Germano, Anderson (Rafael Grava, min. 80), Fillipe Soutto, Zé Rafael (Rondinelly, min. 74); Jô, Keirrison (Alisson Safira, min. 63). Técnico: Claudio Tencati
Bahia: Muriel; Eduardo, Tiago, Jackson, Moisés; Luiz Antônio, Juninho (Renê Júnior, min. 50), Renato Cajá; Edigar Junio (Régis, min. 62), Hernane, Misael (Victor Rangel, min. 77). Técnico: Guto Ferreira
Placar: 1-0, Anderson, min. 7.
ÁRBITRO: Antonio Dib Moraes de Sousa (PI). Cartões amarelos: Fillipe Souto (min. 29), Moisés (min. 57), Misael (min. 75), Régis (min. 93).
INCIDENCIAS: Partida válida pela vigésima nona rodada da Série B do Campeonato Brasileiro 2016, disputada no Estádio do Café, em Londrina/PR.

Em uma partida onde se esperava mais dificuldade para a equipe mandante, o Londrina conseguiu sua décima terceira vitória na Série B do Campeonato Brasileiro 2016. O Tubarão venceu o Bahia na noite desta terça-feira (4) no Estádio do Café e agora ocupa a quarta posição da competição com 48 pontos ganhos. O Tricolor caiu uma posição e agora é o sétimo colocado com apenas 43 pontos, e espera se recuperar no próximo domingo (9) contra o desesperado Tupi, enquanto o time paranaense vai a Manaus enfrentar o vice-líder Vasco no sábado (8).

O Londrina começou o jogo partindo com tudo para o ataque, mostrando que desejava a vitória a todo custo. Já aos 5 minutos quase marca através de um cruzamento de Léo que Keirrison cabeceou com perigo por cima do gol de Muriel. Dois minutos depois, foi a vez de Anderson, em posição irregular, cabecear após uma cobrança de falta magistral de Zé Rafael na intermediária. Ao contrário da cabeçada de Léo, a bola de Anderson teve endereço certo: o canto direito do gol do arqueiro do Tricolor. Festa no Estádio do Café com o Tubarão na frente do placar.

Correndo atrás no marcador, o Esquadrão teve chances de empatar, como aos 17 minutos num cruzamento de Renato Cajá que Hernane cabeceou mas Marcelo Rangel conseguiu fazer a defesa. Mas o dono das ações na primeira etapa foi mesmo o Londrina, que quase ampliou aos 26 minutos numa bomba de Felipe Souto na entrada da grande área, obrigando Muriel se esticar todo e mandar a bola no travessão. Muriel ainda fez outra boa defesa três minutos depois num arremate de fora da área do atacante.

Na segunda etapa, nada mudou. O Londrina continuava superior na partida, e logo aos três minutos teve outra grande chance de fazer o segundo gol. Anderson lançou Zé Rafael que, na grande área, bateu de primeira sem marcação mas a bola subiu demais. Mesmo tendo tirado o pé devido ao fato do Bahia quase não apresentar perigo, a equipe paranaense ainda teve outra grande chance aos 26 minutos, num bate-rebate da bola que sobrou para Jô mandar de primeira com perigo por cima do gol de Muriel.

Somente aos 42 minutos da etapa final o time baiano resolveu acordar. Após cobrança de escanteio de Régis, Tiago subiu mais que a zaga londrinense e cabeceou, mas a bola subiu em demasia e passou por cima do travessão de Marcelo Rangel. Aos 47 minutos o torcedor do Tubarão se assustou novamente após um grande lance de ataque do Bahia, que terminou num excelente passe de Tiago para Victor Rangel, mas o atacante não conseguiu calibrar o chute e a bola passou à esquerda da meta. Depois foi só esperar o apito final do árbitro e comemorar os três pontos e a ida temporária à zona do acesso para a Série A.