Hernane desabafa após marcar gol do triunfo do Bahia e Guto Ferreira revela premonição

Tricolor baiano bate Sampaio Corrêa por 1 a 0, com gol aos 47 minutos do segundo tempo e dá passo importante rumo à Série A

Hernane desabafa após marcar gol do triunfo do Bahia e Guto Ferreira revela premonição
Hernane Brocador comemora o gol do jogo marcado aos 47 do segundo tempo (Foto: Felipe Oliveira / EC Bahia)

O triunfo suado do Bahia por 1 a 0 sobre o Sampaio Corrêa emocionou a Arena Fonte Nova, na noite desta terça-feira (9), em Salvador. O único gol da partida só saiu aos 47 minutos do segundo tempo, após cavadinha do atacante Hernane que encobriu o goleiro Rodrigo Ramos e decretou o resultado positivo ao tricolor baiano.

Com os três pontos, o Esquadrão de Aço subiu da quarta para a segunda colocação na tabela de classificação da Série B do Campeonato Brasileiro e deu um importante passo na luta pelo acesso à Série A. O time baiano agora soma 59 pontos, mesma pontuação de Vasco, terceiro, e Avaí, quarto. No entanto, o tricolor leva vantagem no saldo de gols.

O próximo compromisso do Bahia será sábado (12) contra o Luverdense, no estádio Passo das Emas, na cidade de Lucas do Rio Verde, em Mato Grosso. A partida está marcada para começar às 19h30, no horário de Brasília.

Após o apito final, Hernane fez um desabafo. "A crítica que teve em cima de mim, não do grupo, há uns quatro ou cinco jogos atrás foi para eu melhorar. Eu, Hernane, estou agradecendo às pessoas que me criticaram, porque fez eu melhorar para ajudar a equipe do Bahia a triunfar hoje com 30, 35, 40 mil pessoas. Então isso aqui hoje mostra a força do grupo. Eu fui apoiado pela minha família, esposa, mãe, irmão, amigos e esse grupo aqui que é maravilhoso. A gente merece subir. O que a gente sofreu na competição, o Bahia merece subir e vai subir!", declarou o Brocador.

Quem também estava muito emocionado com o triunfo foi o volante Juninho. Ao sofrer um entorse no tornozelo, ele deixou a partida aos seis minutos de jogo do segundo tempo.

"Jogo tão importante desse, ficar fora como torcedor é difícil demais. Só agradecer a Deus mesmo por esse gol do Hernane. Não tem como não se emocionar", disse o atleta aos prantos. Segundo o médico do clube, ele não deverá viajar para o Mato Grosso. 

Na entrevista coletiva, o técnico Guto Ferreira revelou uma premonição que teve sobre o autor do gol do jogo.

"Imagina só na cabeça dele o que ele tirou. Que pressão que não passou por ele. Tanto que teve outras oportunidades, e ele quase marcou. Ele pode dizer: 'Ah, mas não vai entrar minha bola? Entra a de todo mundo e a minha não entra?'. Antes de começar o jogo, eu chamei ele: 'Vou te falar, tem uma coisa dentro de mim que você vai marcar”. Ele disse: 'É a quarta pessoa que me diz isso. Todos na condição que você está falando. Nunca me falaram nada e hoje estão me falando'. Foi muito importante por ser ele", contou.

Ele também fez uma análise do jogo. "Muita entrega, determinação. Ansiedade na frente do gol. O time criou várias oportunidades no primeiro tempo, faltou tranquilidade. Quando o Sampaio melhorou, foram os momentos em que a gente, por não conseguir encaixar, foi ficando ansioso, precipitou passes, começou a querer jogar longo. Segundo tempo de novo. Perdemos o Juninho cedo. Cajá não estava bem no jogo. A gente não tinha um meia para substituir. A gente tinha treinado o Allano, que é mais dinâmico. Pusemos o Allano por dentro. Ele criou algumas situações. Eles (Sampaio) foram jogando no nosso erro, no nosso nervosismo, foram criando situações. Até que sobrou a bola derradeira, passe do Tiago, achei que coroou nossa entrega. A equipe que veio por uma bola, se fechou lá atrás, aí você tinha que romper. Teve várias bolas de bate-rebate, da bola não entrar. O que passou de erro não importa, o que importa foi o triunfo, que hoje o Bahia está na vice-liderança", afirmou.