Com desfalques, Bahia e Fluminense se enfrentam com objetivos diferentes

Sem Allione e Edigar Junio, time baiano quer fugir da zona do rebaixamento. Sem Wendel e Richarlison, Fluminense busca vaga no G-6

Com desfalques, Bahia e Fluminense se enfrentam com objetivos diferentes
Bahia
Fluminense
Bahia: Jean; Eduardo, Lucas Fonseca, Tiago e Armero; Renê Júnior, Matheus Sales, Zé Rafael, Régis e Mendoza; Vinícius. Técnico: Jorginho.
Fluminense: Júlio César; Lucas, Henrique, Reginaldo e Léo; Orejuela, Marlon Freitas e Gustavo Scarpa; Marcos Calazans, Wellington e Henrique Dourado. Técnico: Abel Braga.
INCIDENCIAS: 12ª rodada do Campeonato Brasileiro 2017, partida a ser realizada na Arena Fonte Nova, em Salvador, às 16h (de Brasília).

Em situações distintas no Campeonato Brasileiro e com desfalques importantes, Bahia e Fluminense se enfrentam na tarde deste domingo (9), às 16h (de Brasília), na Arena Fonte Nova, em Salvador. O time baiano busca fugir da zona do rebaixamento, enquanto o time carioca busca retornar ao G-6 e seguir na cola do pelotão da frente.

O Bahia não vive boa fase no Brasileirão. A última vitória da equipe foi ainda na 5ª rodada, contra o Cruzeiro, na Fonte Nova. Desde então foram quatro derrotas e dois empates. Já o Fluminense ainda tenta encontrar o bom futebol e vem de três empates e uma vitória nos últimos quatro jogos.

O Fluminense não perde para o Bahia desde 2011, quando perdeu os dois jogos do Brasileirão. Desde então, as equipes se enfrentaram por mais seis vezes e os cariocas venceram cinco, sendo três delas como visitante.

Na história do Brasileirão, Bahia e Fluminense já se enfrentaram 40 vezes e o tricolor carioca leva ampla vantagem com 20 vitórias contra apenas oito dos baianos. Além disso, empataram 12 vezes. O último duelo acabou empatado por 1 a 1, no estádio Mané Garrincha, pelo Campeonato Brasileiro 2014. 

Com sete desfalques, Bahia busca vitória para fugir da zona do rebaixamento

Depois de começar bem o Campeonato Brasileiro em 2017, o Bahia encaixou uma sequência de seis jogos sem vitórias e já não sabe o que é vencer desde a 5ª rodada, quando venceu o Cruzeiro. Pela frente, o tricolor baiano tem um adversário indigesto e que não vence desde 2011: o Fluminense.

Além do histórico não ser favorável, o Bahia terá sete desfalques para o jogo contra o Fluminense. Na rodada anterior, Allione recebeu o terceiro cartão amarelo e cumprirá suspensão automática. Além dele, Edigar Junio se juntou à outros quatro jogadores no departamento médico.

Com tantos desfalques, o técnico Jorginho deve improvisar Vinícius como 'falso 9'. O treinador ainda pode optar por escalar Rodrigão, que foi registrado no BID durante a semana. 

"A nossa opção hoje é para jogar com Régis e com o Vinícius. A gente está trabalhando isso porque sabemos que não são dois jogadores que fazem essa função mesmo de pivô, de um atacante. Têm movimentação muito boa. A chegada do Rodrigão nos dá essa possibilidade, mas não sabemos o que esperar para o próximo jogo por causa da questão médica, física e burocrática. Essa é nossa primeira opção", disse o treinador.

Em meio a tantos desfalques, o técnico Jorginho pode ter a estreia de Rodrigão (Foto: Felipe Oliveira/EC Bahia)

Sem Wendel e Richarlison, mas com retorno do artilheiro Henrique Dourado, Fluminense busca vitória para voltar ao G-6

O técnico Abel Braga ganhou dois problemas durante a semana para o jogo contra o Bahia. Richarlison cumpre suspensão automática após receber o terceiro cartão amarelo contra a Chapecoense, enquanto Wendel deixou a partida contra o time catarinense acusando dores no tornozelo esquerdo. Por isso, o departamento médico resolveu poupar para o clássico contra o Botafogo, quarta-feira (12), no Maracanã.

Por outro lado, Abel Braga ganhou também boas notícias: Henrique Dourado, o artilheiro do Fluminense no ano e do Brasileirão, volta à equipe titular após ser poupado com dores no púbis na partida contra a Chapecoense. Além disso, Wellington Silva deve ser titular e já mostrou contra os catarinenses que melhorou a forma física.

A grande surpresa na equipe titular do Fluminense deve ser o jovem Marlon Freitas, que estava no STK Samorín, da Eslováquia, o time do projeto 'Flu Europa'. O meia foi testado no coletivo pelo técnico Abel Braga e ficou no banco contra a Chapecoense.

Foto: Lucas Merçon/Fluminense FC
Artilheiro do Fluminense e do Brasileirão, Henrique Dourado retorna contra o Bahia após ser poupado contra a Chapecoense (Foto: Lucas Merçon/Fluminense FC)

Esporte Clube Bahia