Goleiro Jean prega respeito e atenção do Bahia em jogo contra Atlético-GO

Em entrevista coletiva, destaque do elenco Tricolor afirmou que situação caótica do adversário na tabela de classificação não deve ser motivo para equipe baixar a guarda e entrar em campo mais relaxada

Goleiro Jean prega respeito e atenção do Bahia em jogo contra Atlético-GO
Foto: Felipe Oliveira/EC Bahia

O Bahia continuou a preparação para o retorno do Campeonato Brasileiro da Série A 2017. Nessa terça-feira (5), o elenco treinou em dois períodos de olho no duelo contra o Atlético-GO. Após avaliação física, trabalhos setorizados e coletivos foram realizados com o intuito de colocar o Esquadrão novamente no trilho das vitórias.

Pela manhã, houve uma avaliação física promovida pelo departamento de fisiologistas do clube. Em seguida, exercícios na academia. No campo, fundamentos foram treinados, como, por exemplo, troca de passes, cruzamentos e finalizações.

À tarde, a atividade foi comandada pelo técnico Preto Casagrande. Inicialmente foi feito um trabalho técnico e tático de ataque contra defesa. Em seguida, foi comandado um coletivo com o esboço do time titular que deverá enfrentar o rubro-negro goiano. Em vários momentos, o comandante tricolor parou o treino para orientar e corrigir o posicionamento dos atletas em campo.

Quanto aos atletas, os zagueiros Jackson e Tiago, além dos laterais Pablo Armero e Wellington Silva estão na fase de transição. Todos passaram pelo departamento médico, reavaliaram seus condicionamentos e depois fizeram um trabalho na academia. Por outro lado, o meia Allione foi preservado pela manhã, mas à tarde participou normalmente das atividades programadas pela comissão técnica.

Foto: Felipe Oliveira|EC Bahia

O entrevistado do dia foi o goleiro Jean. Na coletiva à imprensa, o jogador destacou que o time deve ficar ligado porque a situação do Atlético-GO na tabela de classificação não condiz com o desempenho da equipe durante os 90 minutos.

“Não tem moleza. Eles venceram poucas partidas, mas ganharam do líder do campeonato dentro da casa deles. Não tem partida fácil no Brasileirão. Vamos lá respeitando eles. Vai ser um jogo muito complicado, mas queremos sair com o triunfo de lá. Eles vão vir confiantes, estão tentando escapar da zona de rebaixamento. Com certeza vai ser um jogo complicado, ainda mais que vão jogar dentro de casa. Temos que aguentar a pressão inicial e depois sair para o jogo”, afirmou.

Jean comentou também sobre as duas semanas sem partidas oficiais, o que resultou em intensos e inúmeros treinamentos, além da efetivação do técnico Preto Casagrande e do retorno de Allione, Edigar Junio e Hernane Brocador ao time, todos recuperados de lesões.

“Período está sendo bom para trabalhar, para entrosar o grupo. Por outro lado, é ruim porque a gente queria jogar já depois de domingo para apagar aquela imagem. Mas, que bom que está chegando a partida contra o Atlético-GO. Acho que o Preto pegou muita experiência com o Doriva, depois com o Guto Ferreira e agora com o Jorginho. Ele está experiente, já sabe o que fazer. A gente ali no banco também auxilia, então cabe a ele querer um auxiliar ou não. A gente se ajuda sempre ali. Allione, Edigar Junio e Hernane são muito importantes. No início do ano eles nos ajudaram a conquistar a Copa do Nordeste. O Hernane é um líder, tem o respeito do grupo e está nos ajudando bastante nessa semana de trabalho”, finalizou o goleiro tricolor.

O Bahia foi derrotado na última rodada pelo Botafogo por 2 a 1 dentro da Arena Fonte Nova. Para recuperar os pontos perdidos como mandante, o Esquadrão de Aço vai encarar o Atlético-GO no Estádio Olímpico Pedro Ludovico, em Goiânia/GO, pela 23ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série A 2017. Atualmente, o Tricolor da Boa Terra está no 14º lugar, com 26 pontos, apenas um acima da zona de rebaixamento.