Botafogo anuncia permanência de Ricardo Gomes e frustra planos do Cruzeiro

Treinador, que havia recebido proposta da Raposa, se reúne com presidente do Glorioso, Carlos Eduardo Pereira, e acerta permanência em General Severiano

Botafogo anuncia permanência de Ricardo Gomes e frustra planos do Cruzeiro
Mesmo sem o título do Carioca, Ricardo Gomes segue prestigiado no Botafogo (Foto: Reprodução/Twitter Botafogo)

Em uma reunião cercada de mistérios, realizada nesta segunda-feira (9), entre o treinador Ricardo Gomes e a cúpula do Botafogo, terminou de maneira satisfatória para os alvinegros. Isso porque o técnico decidiu continuar no comando do time, recusando uma proposta do Cruzeiro, na qual era muito mais vantajosa em termos financeiros.

O anúncio do "fico" de Ricardo Gomes foi feito pelo presidente do Botafogo, Carlos Eduardo Pereira, que concedeu entrevista coletiva logo após o término da reunião. Mesmo não conquistando o Campeonato Carioca, diante do Vasco, no último final de semana, Gomes segue prestigiado em General Severiano e estará no comando da equipe nas próximas partidas.

"É com enorme prazer que anuncio que o Ricardo Gomes fica conosco. Não vai nos deixar. Vai comandar a equipe contra o Juazeirense-BA na quinta-feira [pela Copa do Brasil] e contra o São Paulo no domingo. Isso mostra uma confiança mútua, do trabalho do Ricardo e da comissão, e do Ricardo em relação ao Botafogo", celebrou o mandatário.

Ricardo Gomes retornou ao mundo do futebol em 2015, após passar quatro anos afastado dos gramados, após sofrer um AVC, ainda quando comandava o Vasco. O Botafogo enfrentava um desafio de voltar à elite do Brasileirão, enquanto Gomes procurava uma equipe. O casamento deu certo. A equipe alvinegra conseguiu o acesso. Mas, de acordo com Carlos Eduardo Pereira, o projeto com o treinador está longe do fim.

"Houve uma reunião entre Ricardo e a direção do Botafogo em função de ele ter recebido proposta de outro time da Série A. É muito importante deixar claro que em 2015, quando contratamos o Ricardo, fizemos com um propósito de um projeto de longo prazo. Trazer um treinador de gabarito internacional que pudesse conduzir o Botafogo para a Série A do Brasileiro. E assim foi feito. Foi um desafio para ele e para o Botafogo, e os resultados vieram ao longo de 2015 com o acesso e o processo de reformulação do elenco. E agora, um bom desempenho no Carioca que nos levou ao vice campeonato", salientou o presidente do Botafogo.

No contrato de Ricardo Gomes com o clube alvinegro, não há cláusula de multa recisória e nem prazo, ou seja, o treinador poderia se transferir sem custos. Com a permanência no Rio de Janeiro, o profissional frustrou os planos do Cruzeiro, que busca um técnico, desde que Deivid foi demitido, após a Raposa ser eliminada no Campeonato Mineiro.