Desfalcados, Botafogo e Palmeiras medem forças em duelo de opostos na tabela

O líder do campeonato não vai contar com treinador Cuca, nem com Gabriel Jesus; Fogão tem três ausências

Desfalcados, Botafogo e Palmeiras medem forças em duelo de opostos na tabela
(Foto: Vitor Silva/SS Press/Botafogo)

Na noite deste domingo (31), o Botafogo recebe o Palmeiras na Arena Botafogo, o confronto válido pela 17ª rodada do Brasileirão será realizado às 18h30. Tem um peso devido às situações das duas equipes na tabela de classificação.

Depois de conseguir uma boa sequência e uma invencibilidade de quatro jogos, o Botafogo voltou a sofrer um revés no último domingo. O resultado negativo contra a Chapecoense fez com que o clube voltasse à zona de rebaixamento. Desta forma, o jogo deste domingo é de grande importância ao alvinegro para que não se comprometa ainda mais na tabela. 

Em situação bem diferente, o clube paulista ocupa o topo da tabela e busca manter o posto após ter sido derrotado pelo Atlético-MG em casa. O alviverde vê Corinthians, Grêmio e Santos se aproximando, a vitória é fundamental para manter a liderança do campeonato.

Alvinegro confiante para receber o líder

O Botafogo vai ter ausências sentidas em sua escalação. Rodrigo Pimpão, Joel Carli e Leandrinho foram vetados da partida deste domingo, os atletas se recuperaram de lesão e a tendência é que os três jogadores voltem a ficar à disposição de Ricardo Gomes na próxima quinta-feira, na partida contra a Ponte Preta, em Campinas. 

Mesmo com as condições adversas - enfrentar o líder do campeonato e ter uma quantidade considerável de desfalques - o técnico Ricardo Gomes afirmou que o confronto é o tipo de jogo ideal, já que os dois times buscam o resultado:

"Vamos buscar os três pontos em casa para sair dessa zona desagradável. É melhor esse tipo de jogo, precisando dos dois lados, gosto mais. A gente sabe a diferença de investimento dos dois clubes, mas a rivalidade dos clássicos regionais tem grande influência. Esse não é regional, mas é um grande clássico. Temos que aproveitar, apesar da diferença de pontuação. A melhor coisa para o jogador é um grande jogo"

A equipe que venceu o Bragantino parece ter agradado o técnico, que fez treino fechado para a imprensa, mas acredita-se que o mesmo vai repetir a escalação: Sidão, Luis Ricardo, Renan Fonseca, Emerson, Diogo Barbosa; Airton, Rodrigo Lindoso, Bruno Silva, Camilo; Neilton e Canales.

Palmeiras perde peças importantes

Em julgamento no pleno do STJD, o técnico Cuca foi condenado a um jogo de suspensão pela utilização de ponto eletrônico na partida contra o Fluminense. A suspensão por apenas uma partida reduz pela metade a primeira decisão do tribunal, ocorrida em junho. O técnico foi enquadrado no artigo 258 do Código Brasileiro de Justiça Desportiva, no qual consta: "assume em qualquer conduta contrária à disciplina ou à ética desportiva não tipificada pelas demais regras"

Além de Cuca, o Palmeiras vai ter um outro desfalque importante não só neste domingo como nas rodadas posteriores: Gabriel Jesus. O atacante faz parte da Seleção Brasileira olímpica e já está em atividade com os demais jogadores convocados. Além disto, passa por uma iminente saída, visto que há negociações avançadas com o Manchester City. No entanto, o Verdão aposta em Roger Guedes como nova joia do elenco e já aumentou o tempo de contrato com o atleta.

Outros desfalques são Fernando Prass, também à serviço da seleção, o zagueiro Mina, lesionado, o volante Tchê Tchê, que recebeu o terceiro amarelo, e Alecsandro, julgado por doping na próxima segunda-feira. A notícia boa é a volta de Moisés, o meia não atuava há duas semanas devido a uma lesão na coxa, durante a semana ele conseguiu treinar normalmente e ao que tudo indica será titular.

O Palmeiras deve vir a campo com: Vagner; Jean, Edu Dracena, Vitor Hugo e Zé Roberto; Thiago Santos, Moisés e Cleiton Xavier; Róger Guedes, Dudu e Erik.