Desfalcado, Botafogo encara o Santos em casa visando manter boa fase

Com objetivos distintos, o desafio do alvinegro carioca será manter o ritmo com desfalques de Carli, Sassá e Airton

Desfalcado, Botafogo encara o Santos em casa visando manter boa fase
Foto: Vitor Silva/SS Press/Botafogo
Botafogo
Santos
Botafogo: Sidão, Emerson, Renan Fonseca (Diego), Emerson Silva, Victor Luis; Bruno Silva, Dudu Cearense, Diogo Barbosa, Camilo; Neilton e Canales
Santos: Vanderlei; Victor Ferraz, Gustavo Henrique, David Braz e Zeca; Renato, Thiago Maia, Lucas Lima e Vitor Bueno; Jean Mota (Walterson e Vecchio) e Ricardo Oliveira
ÁRBITRO: Paulo H Schleich Vollkopf - MS (CBF-1) Auxiliares: Cicero Alessandro de Souza - MS (CBF-1) e Marcos dos Santos Brito - MS (CBF-2)
INCIDENCIAS: Partida válida pela 25ª rodada do Campeonato Brasileiro, a ser disputada na Arena Botafogo, na Ilha do Governador

O duelo entre alvinegros na noite desta quarta-feira (14) ficará por conta de Botafogo e Santos, que se encontrarão na Arena Botafogo, às 19h30. As situações dos clubes divergem, enquanto o clube paulista busca a vitória vislumbrando o título, o carioca quer acabar de vez com as chances de rebaixamento e começar a tornar real a luta pelo G-4.

Na última rodada, os santistas conseguiram três pontos muito importantes, em cima do rival Corinthians, adversário direto na briga pelo título e contaram com o deslize do Grêmio para colar na zona classificatória para a Libertadores. Desta forma, alcançaram os 39 pontos e a 5ª colocação.

O Glorioso contrariou o favoritismo do Cruzeiro e mesmo desfalcado venceu fora de casa por 2 a 0. Alcançou a 9ª colocação com seus 35 pontos, se ganhar nesta rodada vai colar na traseira do Santos.

Embalado, o time carioca busca se manter na parte alta da tabela

São três vitórias consecutivas, cinco saldos positivos de sete jogos do técnico Jair Ventura e de seis jogos disputados em sua casa, apenas uma derrota. O clima é bastante favorável ao Fogão, que vai contar com a presença da torcida para embalar ainda mais uma das melhores campanha deste segundo turno.

As chances de rebaixamento são poucas, os torcedores botafoguenses querem sonhar com voos mais altos. Mesmo com cenário tranquilo, o treinador Jair prefere manter os pés no chão e descarta a Libertadores como objetivo principal:

"A gente sabe que a zona de rebaixamento ainda tá muito próxima. O nosso maior objetivo é ainda fazer a pontuação necessária para nos livramos da zona de uma vez por todas."

Sem poder contar com Sassá e Airton que estão contundidos, Jair deve manter o esquema da última rodada com Canales, que apesar de ousado deu certo. A outra baixa será com Joel Carli, que fez excelente partida e, certamente, fará falta na defesa e dará espaço para Renan Fonseca. Victor Luís seguirá na lateral e Diogo Barbosa no meio.

Quem também contou com oportunidade e aproveitou muito bem, foi Dudu Cearense, que seguirá como titular. O atleta exaltou a força do grupo e reforça a importância de manter o foco em cada jogo:

"O time encaixou, jogadores chegando, alguns se adaptaram. Hoje sabemos o que queremos a cada jogo. Se muda a estratégia de acordo com o adversário. O time está bem consciente. Temos que manter os pés no chão e pensar jogo a jogo".

Santos conta com volta de jogadores para sonhar com título

Na vitória por 2 a 1 em cima do Corinthians, alguns importantes atletas cumpriam suspensão. Para a sorte do alvinegro praiana, o lateral Victor Ferraz, o meia Lucas Lima e o atacante Ricardo Oliveira estarão à disposição de Dorival Junior. 

O retorno dos jogadores vai mudar a cara do time que enfrentou o Timão. Será difícil parar Victor Ferraz, que costuma ser ofensivo pela direita e também Lucas Lima que vem para movimentar a partida e melhorar o setor de criação.

No entanto, o zagueiro Luis Felipe deverá ser substituído por David Braz, já que sentiu a panturrilha direita. Outro ponto baixo será a suspensão de Copete, pelo terceiro cartão amarelo, dando lugar a Jean Mota ou Walterson.

As últimas atividades foram feitas em campo reduzido devido ao intenso calor. O treinador poupou o elenco para não haver desgaste e ainda não decidiu o time que entrará em campo. 

Engana-se quem pensa que a briga do título está em jogo apenas entre Palmeiras e Flamengo. Para os santistas, o jogo contra o Botafogo será de extrema importância para que o clube continue a sonhar:

"O jogo é muito importante e temos de encarar como tem que ser encarado, como um jogo fundamental. Pode ser um divisor de águas para a gente na briga pelo título", afirmou Victor Ferraz.