Botafogo vence, complica situação do Inter e engrena terceira vitória consecutiva

Em jogo la e cá, Glorioso consegue gol no fim e enfim, consegue dormir no G-6

Botafogo vence, complica situação do Inter e engrena terceira vitória consecutiva
Foto:Vitor Silva / SS Press / Botafogo

A partida que parecia se encaminhar para o 0 a 0 surpreendeu com pênalti no fim. Na noite desta quarta (12), quem conseguiu embalar a sequência de vitórias foi o Botafogo, vencendo o Internacional com diferença de um gol, na Arena Botafogo. 

Com o resultado, o alvinegro finalmente entrou no G-6 e vai dormir na 5ª colocação, com 47 pontos e vai voltar a jogar em casa diante do Atlético-MG, domingo (17). O time gaúcho se mantém na 17ª posição com 33 pontos conquistados e enfrentará o Flamengo no Beira-Rio.

Apático, colorado só leva perigo no fim

Enquanto o Inter começou apostando nos contra-ataques, o alvinegro apostava na ofensividade. Antes mesmo dos 5 minutos de jogo o Botafogo fez boa chegada na área adversária. Vinícius Tanque recebeu e cruzou para a área, mas ninguém apareceu para finalizar. Pouco depois Neilton recebeu pela esquerda e cruzou na pequena área, mas Camilo chegou atrasado no lance.

Aos 10 minutos, após roubada de bola, o colorado tentou bola pingada na área, mas Sidão foi mais ágil e tirou o perigo. O Glorioso respondeu, depois de boa troca de passes Lindoso recebeu e finalizou o lance cruzando fechado, mas nas mãos de Danilo Fernandes.

O clube gaúcho adiantou o time e voltou a arriscar na metade da etapa inicial, William limpou e arriscou de longe, mas Lindoso desviou a bola e mandou para escanteio.

Aos 30 minutos, a torcida alvinegra quase comemorou, Airton fez grande jogada e tocou para Dudu Cearense dominar e finalizar com uma bomba, mas o goleiro espalmou. A cobrança de escanteio foi perigosa, após um bate e rebate na área, a defesa cortou.

Valdívia tentou finalização e bateu colocado, preocupando os cerca de 10 mil torcedores presentes na Arena. Neilton ainda tentou em jogada individual, passou pela zaga, invadiu a área e arriscou no canto. O visitante pouco criava, mas as jogadas preocupavam o Fogão, perto do fim, Vitinho aproveitou deslize da zaga e tentou uma bomba de fora da área, que passou perto do gol de Sidão.

Pouco antes do apito final, a torcida pediu Sassá, que iniciou no banco por opção de Jair Ventura.

Botafogo leva a melhor em segunda etapa movimentada

Jair atendeu o pedido e colocou Sassá. No entanto, o Inter voltou querendo jogo, com 3 minutos da etapa final, Vitinho abriu espaço e bateu colocado por cima do gol e pouco depois o jogador ainda tentou chute de longe, mas sem êxito.

Aos 6 minutos, Airton aplicou um balão em Valdívia próximo a área e sofreu falta. A torcida pediu Camilo, mas quem bateu foi Victor Luis, mandando colocado por cima do gol. Antes da falta ser batida, Carli e Paulão se estranharam na área e o juiz amarelou os dois, o zagueiro alvinegro não enfrentará o Galo na próxima rodada.

Os clubes arriscavam bastante, abrindo espaço para o contra-ataque. Willian aproveitou falha na saída de bola e tentou surpreender com chute no canto, mas o arqueiro defendeu. Ferrareis tentou arriscar após cobrança de escanteio, mas Carli cortou. Neilton aproveitou o contra-ataque e quase deixou Sassá na cara do gol, mas a zaga colorada se atentou.

Mais uma vez o goleiro alvinegro brilhou e evitou o que seria um golaço, Vitinho invadiu a área saindo de cara para o gol, arriscou e o Sidão fez bela defesa. Aos 26 minutos foi a vez de Danilo Fernandes se destacar, Camilo fez cruzamento para Pimpão pegar de primeira e finalizar, mas o goleiro defendeu milagrosamente, na sequência o Inter chegou e Carli salvou mais uma vez.

Nos minutos finais a equipe mandante muito tentou, mas o gol só foi sair aos 39 minutos dos pés do artilheiro Sassá que bateu o pênalti com categoria e selou mais uma vitória alvinegra.