Jair Ventura se diz tranquilo quanto à renovação com Botafogo: "Está bem encaminhada"

Técnico do Glorioso celebra valorização de seu trabalho por parte da diretoria alvinegra e a oportunidade de disputar a próxima Copa Libertadores da América

Jair Ventura se diz tranquilo quanto à renovação com Botafogo: "Está bem encaminhada"
Jair Ventura faz parte da comissão técnica do Botafogo desde 2008, com pequena interrupção em 2014 (Foto: Vitor Silva/SS Press/Botafogo)

Se o Botafogo enfrenta dificuldades para manter alguns jogadores para a próxima temporada, casos dos laterais Diogo Barbosa e Victor Luís, o mesmo não acontece com o técnico. Isso porque a renovação de contrato do valorizado Jair Ventura está bem encaminhada. Afinal, não é para menos. O treinador foi um dos reponsáveis por elevar o patamar do Glorioso no Campeonato Brasileiro.

"O Cacá [Antônio Carlos Azeredo, vice-presidente de futebol] já me procurou, está bem encaminhada a minha permanência. Fico feliz por ter sido procurado e valorizado pelo clube que me abriu as portas. Não tem como não ser a prioridade o Botafogo hoje", declarou o técnico.

Quando assumiu o Botafogo, Jair encontrou o time na 17ª posição no Brasileirão. O treinador, então, passou a trabalhar com uma base titular e procurou aprimorar o psicológico dos atletas, além da parte tática. Assim, a equipe iniciou uma arrancada histórica e, atualmente, ocupa a 5ª colocação do campeonato, ficando a um passo de se classificar para a Copa Libertadores da América, fato que deixa Ventura empolgado para a próxima temporada.

"Muito gostoso, gratificante, Botafogo só foi na Libertadores em quatro vezes, muito pouco. Estamos a um passo para conseguir a classificação, sabemos o equilíbrio do campeonato", disse o treinador.

Mas, para ficar ainda mais próximo da competição continental, o Botafogo precisa vencer a Chapecoense, na quarta-feira (16), às 19h30, na Arena, pela 35ª rodada do Campeonato Brasileiro. Jair Ventura, como tem feito até aqui, reacendeu a motivação dos jogadores, alertando sobre a periculosidade do duelo, já que os catarinenses desembarcam no Rio sem responsabilidade no Brasileirão.

"Situação parecida do jogo com América-MG, não tem mais chances de serem rebaixados, pensando na Sul-Americana, mas um time competitivo. Vai ser muito difícil principalmente por jogarem sem peso, responsabilidade vai ser do Botafogo", ressaltou Jair.