Fiscalizando meias-entradas, Botafogo lança campanha contra o cambismo

Projeto, que visa aumentar o cuidado com as pessoas que usam meias-entradas ilegalmente, entrará em prática já nesse fim de semana

Fiscalizando meias-entradas, Botafogo lança campanha contra o cambismo
Vitor Silva/SS Press/Botafogo

Algo muito comum entre todos os clubes do Brasil, cambistas são sempre vistos no entorno dos estádios nos dias das partidas oferecendo ingressos com valores diferentes daqueles que são impostos pela diretoria do clube com o discurso de evitar filas e fazer com que as pessoas consigam os bilhetes para entrar nas arenas mais rápido. Além disso, por muitas vezes vendem “meias-entradas” para pessoas que não possuem esse direito.

Com o intuito de diminuir esse fato, a diretoria do Botafogo lançou, nessa sexta(28) a campanha “Diga não ao cambista”, que consta em uma maior fiscalização dos ingressos de meia-entrada. Agora, as pessoas que apresentarem esse tipo de ingresso terão que comprovar o direito do mesmo na entrada de cada setor do Estádio Nilton Santos.

Além disso, todos esses ingressos terão os nomes das respectivas pessoas que os comprarem. Caso o torcedor não cumpra isso ou não tenha como comprovar o motivo da sua meia-entrada, o mesmo será redirecionado a uma bilheteria para pagar a diferença entre os ingressos de meia-entrada e inteira.

A medida foi aprovada também com o intuito de evitar tumulto na hora de torcedores entrarem no estádio via catracas e possíveis confusões com outros fãs ou até com funcionários do Estádio Nilton Santos. É importante ressaltar que, de acordo com a Lei nº 12.933, a meia-entrada é garantida a estudantes, jovens de 12 a 21 anos, idosos de 60 a 64 anos, professores da rede pública municipal e pessoas de baixa renda inscritos no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal.

Tudo isso, já divulgado em todas as redes sociais do clube, entrará em prática no próximo jogo do Glorioso, que será contra o São Paulo, nesse sábado(29), válido pela 17ª rodada do Campeonato Brasileiro, às 16h.