Apesar de desfalques, Jair sinaliza time titular contra Flamengo: "Jogo que vale muito"

Treinador do Botafogo confirma ausências de Joel Carli, João Paulo, Marcos Vinícius e Rodrigo Lindoso

Apesar de desfalques, Jair sinaliza time titular contra Flamengo: "Jogo que vale muito"
(Foto: Vítor Silva/SSPress/Botafogo)

Em entrevista coletiva concedida nesta sexta-feira (8), o comandante do BotafogoJair Ventura, afirmou que terá dificuldade, devido aos desfalques, para escalar a equipe diante do Flamengo, domingo (10), às 19h, no Estádio Nilton Santos, pelo Campeonato Brasileiro. Porém, o técnico avisou que deve mandar a campo o que tem de melhor, visando o ganho de ritmo para o confronto da Copa Libertadores.

"Vamos com força máxima, na medida do possível. Perdemos jogadores no último jogo, contra o Bahia, e o Rodrigo Lindoso durante um treinamento. Carli, Lindoso, João Paulo e Marcos Vinícius estão fora", destacou.

Por causa da Data Fifa, o Botafogo não entra em campo desde o dia 27 de agosto, quando venceu o Bahia, na Fonte Nova, por 2 a 1. Para o treinador, a parada pode atrapalhar o ritmo de jogo de seus comandados perto de uma partida importante.

"O tempo sem jogos pesa. Poupamos quando há sequência, mas nessa situação de ficar sem jogar, os atletas perdem ritmo. Mas não é ruim. O tempo foi bom. O ideal que é semana a semana. Eu já joguei segunda, quinta e domingo esse ano. Se eu tivesse jogado final de semana, eu poderia poupar. Ficar 15 dias sem jogar não é tão bom. Você para tendo um jogo decisivo [contra o Grêmio, pela Libertadores] por um tempo muito longo. Então, não tem jeito. Vamos com um risco calculado", afirmou.

Sobre a discussão de priorizar uma competição em detrimento de outra, Jair foi direto e mostrou que o Campeonato Brasileiro e a Libertadores são igualmente importantes na sua visão.

"Todo ano é igual. A gente sabe da nossa responsabilidade, que estamos próximos da parte de cima da tabela. É um jogo que vale muito. Vejo muita gente falando que estamos deixando o Brasileiro de lado, mas não. O Brasileiro é o mais equilibrado e vamos levar esse jogo muito a sério. Depois pensamos na Libertadores", finalizou.