Em coletiva, João Paulo garante: "Com certeza queríamos ter um desempenho melhor"

Em coletiva na tarde desta segunda (6), meia alvinegro comentou sobre a derrota no clássico e o foco na próxima partida contra o Sport

Em coletiva, João Paulo garante: "Com certeza queríamos ter um desempenho melhor"
Foto:Vitor Silva/SS Press/Botafogo

Após a derrota de virada para o Fluminense no sábado (4), a equipe do Botafogo se reapresentou nessa segunda (6) e fez um trabalho regenerativo visando a partida contra o Sport, fora de casa, na quarta (8). Após o fim das atividades, João Paulo fora escalado para falar com a imprensa sobre, principalmente, a derrota no clássico.

Já no começo da coletiva, João Paulo foi incisivo na resposta sobre a derrota e como qualquer perda de jogo atrapalha. “Atrapalha. Qualquer derrota atrapalha, ainda mais no clássico. Mas não podemos fazer tempestade em copo de água. O próximo jogo vale os mesmo três pontos”, ressaltou. “Clássico é decidido em detalhes. A maioria dos clássicos foi decidida em detalhes. Com certeza queríamos ter um desempenho melhor. Mas os 3 pontos do clássico são os mesmos de qualquer rodada”.

Naturalidade as críticas

Sobre as críticas da torcida ao final da partida e, principalmente, ao técnico Jair Ventura, o meia comentou que é difícil de saber sobre qual pensamento o técnico alvinegro realmente teve sobre tal fato. “Difícil falar o que o Jair achou das vaias. Da nossa parte, encaramos com naturalidade. Já fomos vaiados várias vezes. Apesar do ano positivo, ainda tem alguma resistência da torcida. Temos que virar a página. Segue o jogo. Já demos a volta por cima em várias vezes e dessa vez não será diferente”, disse.

Sport, um velho conhecido de João Paulo

João Paulo já jogou diversas vezes contra o Sport em sua passagem pelo Santa Cruz, e comentou sobre como é jogar lá e a importância da partida para o rubro-negro nesse momento do campeonato. “Será mais um jogo difícil. No Brasileiro é assim. O Sport vai jogar em casa, brigando contra a zona de rebaixamento. Sei muito bem como é jogar na Ilha do Retiro. Mas vamos atrás dos três pontos”, comentou. “Foram vários jogos contra o Sport. Tenho estatísticas boas. É um estádio em que a torcida pressiona bastante. Mas se conseguirmos sair na frente, a torcida vai jogar contra eles. Temos que saber usar isso a nosso favor”, mencionou.