Análise: mais participativo, Marcos Vinicius marca novamente e ajuda Botafogo em vitória

Meia é participativo, mostra trabalho, é recompensado com gol e ajuda Botafogo a superar difícil adversário fora de casa

Análise: mais participativo, Marcos Vinicius marca novamente e ajuda Botafogo em vitória
Foto: Vitor Silva/SS Press/Botafogo

A vitória contra o Sport, pela 33ª rodada do Campeonato Brasileiro, trouxe alivio ao Botafogo, que se recuperou da derrota contra o Fluminense e ainda conseguiu subir uma posição na tabela, indo ao quinto lugar – graças à vitória do Flamengo sobre o Cruzeiro. Além dos três pontos, um ponto positivo na vitória do Glorioso foi a atuação do meio campo Marcos Vinicius.

Apesar de contribuir com muitos gols – cinco marcados até agora – o jogador, envolvido na negociação de Sassá junto ao Cruzeiro, por muitas vezes não conseguia dinamizar o jogo ofensivo do Botafogo como um jogador de ligação deveria fazer. Mesmo mostrando muita habilidade quando tocava na bola, o atleta era mais observado por sumir das partidas do que propriamente participar muito das ações de ataque.

Mesmo assim, Marcos Vinicius tinha o respaldo e a confiança de Jair Ventura, que o manteve na equipe titular durante esses jogos – barrando até o jovem Matheus Fernandes, que despontou nesse ano. Ainda deixando a desejar pela parte física, já que sofre com muitas lesões desde o ano passado, o jogador mostrou muito trabalho na Ilha do Retiro e está provando que o efeito de Jair Ventura, ao colocar sua moral em dia, tem o ajudado a melhorar seu desempenho.

"A gente acabou tomando o gol no final, mas nossa equipe foi muito cautelosa e saímos com um grande resultado. Perdemos um clássico e precisávamos vencer para seguir brigando lá em cima", disse o jogador na saída do campo da Ilha de Retiro.

O primeiro tempo na Ilha do Retiro deixou bem clara essa situação. Muito participativo, buscou ocupar os espaços necessários para dar sustentabilidade ao ataque e servir os jogadores mais avançados. O exemplo disso foram os 24 passes, sendo dois errados, que distribuiu na partida, provando o seu esforço para tentar ajudar o time.

Além disso, foi importante na construção do resultado final, já que saiu de seus pés a grande jogada individual que resultou no segundo gol do Botafogo. Puxando do lado direito do campo, limpou os defensores adversários que estavam pelo caminho, ajeitou o corpo e finalizou com precisão no canto do goleiro Magrão. Foi o quinto gol do atleta com a camisa do Botafogo.

(Foto: Reprodução/Footstats)
Foto: Reprodução/Footstats

Mapa de calor: apesar da sua grande maioria estar focado, obviamente, na parte central do campo, – faixa em que trabalha e distribui o jogo aos seus companheiros – é possível enxergar uma grande participação de Marcos Vinicius no lado direito da faixa central do campo, provando o seu deslocamento e o seu desempenho defensivo, fatores em que deixava a deixar em outras partidas.