Primeiro reforço: atacante Leandro Carvalho é anunciado pelo Botafogo

Em parceria com Paysandu, que recebeu Victor Lindenberg e Renan Gorne, atacante é a primeira contratação confirmada para 2018

Primeiro reforço: atacante Leandro Carvalho é anunciado pelo Botafogo
(Foto: Israel Simonton/CearaSC.com)

Após um mês de dezembro repleto de especulações, o Botafogo começou 2018 com uma confirmação: nessa segunda-feira (1º), o clube alvinegro confirmou a parceria com o Paysandu e, por isso, Leandro Carvalho, atacante de lado de campo, é o primeiro reforço para a equipe de General Severiano no ano. O atleta de 22 anos assinou um contrato de três anos.

A relação com o Papão será uma via de mão dupla. De um lado, o Botafogo não precisará gastar nenhum centavo com o valor da transferência do jogador, ficando com 50% dos direitos econômicos do mesmo. Por outro lado, cedirá o lateral-esquerdo Victor Lindenberg e o atacante Renan Gorne, promessas da categoria da base, por um ano, pagando integralmente o salário de ambos.

Apesar disso, o jogador passou uma parte de 2017 no Ceará. Pelo Vozão, balançou as redes em sete oportunidades em 41 jogos, sendo uma peça importante na campanha que garantiu o acesso à primeira divisão do Campeonato Brasileiro ao clube alvinegro. Sob o comando de Marcelo Chamusca, o atleta foi utilizado prioritariamente pelo lado direto do campo – apesar de inverter em algumas oportunidades durante as partidas.

Leandro Carvalho virá para suprir a saída de Guilherme do Botafogo. Atacante pelos lados do campo, ele consegue cumprir com precisão seu papel tático, recuando para recompor e ajudar na fase defensiva durante as partidas, já que sua principal qualidade é a velocidade. Além dele, o menino Ezequiel é outra opção com características semelhantes no elenco.

Por outro lado, o atleta foi marcado por estar em muitas ‘noitadas’ em Belém, durante sua passagem pelo Paysandu, o que acabou manchando a relação dele com a torcida e os membros da comissão técnica. No Ceará, porém, esses problemas não se repetiram e, além de ter sido importante dentro de campo, ele não teve esse tipo de problema.