Atlético-GO surpreende Ceará no Castelão e assume liderança provisória da Série B

Dragão vence com gol solitário de Luiz Fernando e segue 100% na Série B

Atlético-GO surpreende Ceará no Castelão e assume liderança provisória da Série B
Foto: Christian Alekson/CearáSC
Ceará
0 1
Atlético-GO
Ceará: Éverton; Tiago Cametá, Antônio Carlos, Sandro e Thallyson (Eduardo, Min. 84); Marino, Richardson, Tomas Bastos (Alex Amado, Min. 60), Serginho (Assisinho, Min. 38) e Felipe; Rafael Costa. técnico: Sérgio Soares
Atlético-GO: Kléver (Marcão, intervalo); Matheus Ribeiro, Marllon, Lino e Romário; Pedro Bambu, Michel, Magno (Eduardo, Min. 84), Gilsinho (William Schuster, intervalo) e Luiz Fernando; Junior Viçosa. técnico: Marcelo Cabo
Placar: 0-1, Luiz Fernando, Min. 82
ÁRBITRO: Philip Georg Bennett (RJ); cartões amarelos: Felipe (Min. 66), Luiz Fernando (Min. 68), Eduardo (Min. 85); cartões vermelhos: Luiz Fernando (Min. 83)
INCIDENCIAS: partida válida pela 3ª rodada da série b do campeonato brasileiro 2016, realizada na arena castelão, em fortaleza, ceará

Nesta terça-feira (24), Ceará Atlético-GO duelaram pela terceira rodada da Série B do Campeonato Brasileiro 2016. Em partida dominada, em sua grande parte, pelos donos da casa, foram os goianos que saíram com um sorriso no rosto. Com um gol solitário de Luiz Fernando, o Dragão surpreendeu o Vozão, venceu e segue com 100% de aproveitamento no campeonato. Com o resultado, o Dragão é líder com nove pontos em três jogos, sendo três gols feitos e nenhum sofrido. O Ceará segue com quatro pontos e deve cair algumas posições dependendo dos outros jogos da rodada.

Na próxima rodada, o Vozão terá um duelo bem complicado, quando vai até a Ressacada encarar o Avaí no sábado (28), às 16h. No mesmo dia e horário, o Atlético-GO terá um clássico, quando duela com o Vila Nova no Serra Dourada.

Equipes pecam na finalizam e placar fica no zero

Embalado após a vitória fora de casa contra o CRB, o Ceará foi com tudo para cima do Dragão, tanto que assustou bem logo aos 4', quando a falta foi cobrada rasteira pela esquerda e o zagueiro Sandro desviou no susto, mas Kléver fez boa defesa. O Atlético, mesmo com a boa marcação do Ceará, trocava bem os passes, mas sem muita objetividade.

O primeiro arremate ao gol do Dragão aconteceu aos 20', quando Michel puxou contra-ataque e abriu com Gilsinho.  O camisa 11 dominou, ajeito e bateu colocado cruzado, mas Éverson fez defesa tranquila. A resposta alvinegra veio com estilo dois minutos depois, quando Rafael Costa fez o pivô, Serginho, na segunda tentativa, conseguiu passar para Felipe, que recebeu dentro da área e soltou uma bomba cruzada, e a bola foi no poste.

O Ceará era melhor na partida, conseguindo envolver o Atlético-GO. Porém, os jogadores alvinegros pecavam bastante no momento de finalizar as jogadas, o que ia deixando a torcida impaciente. Aos 43', mais uma vez o meia Felipe arrematou com perigo, mas desta vez a bola passou perto do travessão de Kléver, no lance que finalizou o primeiro tempo na Arena Castelão: 0 a 0.

Ceará é melhor, mas Luiz Fernando garante a terceira vitória do Dragão

O segundo tempo começou e a panorâmica do jogo seguiu a mesma, uma partida bem movimentada e com ambos os times buscando o gol. Logo com um minuto na etapa final, o Ceará assustou, quando Thallyson cruzou, Marllon cortou mal e Marcão, terceiro goleiro que entrou no segundo tempo no lugar de Kléver, contundido, fez sua primeira defesa na partida.

Depois disso, o Ceará parou de jogar por um momento na Arena Castelão. Isso muito por conta do ótimo jogo que o Atlético fazia, fechando bem os espaços e chegando com perigo também. Aos 15', o Dragão ganhou a jogada no meio de campo e Junior Viçosa recebeu. O centroavante da equipe goiana avançou, invadiu a área e tentou tirar de Éverson, mas o arqueiro alvinegro fez grande defesa, salvando o Ceará e deixando o placar zerado em Fortaleza.

Após um momento bem fraco da partida, o Ceará voltou a dominar as ações da partida, chegando com perigo. Aos 30', após cruzamento de Assisinho da direita, Rafael Costa subiu bem e cabeceou firme, mas Marcão fez boa defesa. Minutos depois, Cametá recebeu com espaço na direita, cruzou e Alex Amado finalizou de voleio, mas Marcão fez mais uma boa defesa.

Só que aos 37', o Vozão foi "penalizado" pela chances perdidas na partida, quando William Schuster recebeu com espaço no meio e passou em profundidade para Luiz Fernando. O meia do Dragão dominou na grande área e finalizou cruzado, com força, sem chances para Éverson: 1 a 0 Atlético-GO. Logo após o gol, o meia tirou a camisa, levou o segundo amarelo e foi expulso, deixando o Atlético com um a menos até o final do jogo.

No final da partida, só deu Ceará. Aos 44', após cruzamento, Sandro cabeceou e Marcão fez ótima defesa. A bola sobrou para o zagueiro alvinegro, que cabeceou mais uma vez, mas dessa vez Romário tirou em cima da linha. No último lance da partida, Felipe recebeu, tocou na saída de Marcão e a bola tirou tinta da trave. O Dragão aguentou a pressão e saiu de Fortaleza como chegou: invicto.