Atlético-GO e Ceará empatam no Serra Dourada e não se aproximam do Vasco na Série B

Equipes fizeram partida equilibrada e cheia de alternativas que acabou igualada e com os times não conseguindo ficar mais perto da ponta

Atlético-GO e Ceará empatam no Serra Dourada e não se aproximam do Vasco na Série B
Foto: Álvaro de Castro/Atlético-GO
Atlético-GO 2
Ceará 2
Atlético-GO 2: Kléver; Matheus Rodrigues, Marllon, Lino e Romário; Michel (Silva, min. 88), Pedro Bambu, Magno Cruz e Jorginho (Júnior Viçosa, min. 69); Alison e Gilsinho (Bruno Barra, min. 83).
Ceará 2: Éverson; Tiago Cametá, Valdo, Charles e Eduardo; Richardson, Diego Felipe (Ricardinho, min. 76), Felipe (Serginho, min. 46) e Wescley; Bill e William Henrique (Tomás Bastos, min. 46).
Placar: 0-1, min. 22, Bill. 1-1, min. 39, Gilsinho. 2-1, min. 44, Romário. 2-2, min. 47, Bill.
ÁRBITRO: Marcos Mateus Pereira (MS) Cartões Amarelos: Atlético-GO: Romário (min. 33), Michel (min. 35) Ceará: Eduardo (min. 16), Charles (min. 58) Cartão Vermelho: Alison (min. 06)
INCIDENCIAS: Partida válida pela 22ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro

Nessa segunda (29) o Serra Dourada foi o local do enfrentamento entre Atlético-GO e Ceará pela 22ª rodada do Campeonato Brasileiro Série B 2016. Numa partida em que ambos os times tiveram muitas oportunidades no jogo e acabaram empatadas em 2 a 2 com gols de Gilsinho e Romário para o time goiano, com Bill marcando duas vezes para os nordestinos.

Com o resultado os dois times conseguiram um ponto, com o Atlético-GO chegou aos 38 pontos e está na vice-liderança da competição. Já o Ceará chegou aos 37 e ocupa o terceiro lugar. O Atlético-GO joga novamente no Serra Dourada diante do Vila Nova no sábado (03) às 16h, no dia seguinte o Ceará recebe o Avaí no Castelão às 18h30

O time do Atlético começou melhor e aos oito minutos Michel recuperou a bola no meio campo e partiu para o avanço porém na hora de finalizar acabou mandando a bola pra fora. Aos 13 mais uma vez o Dragão chegou e dessa vez com Jorginho que obrigou Éverson fazendo boa defesa em dois tempos.

Aos 22 Bill abriu o placar de cabeça apenas escorando bom cruzamento vindo do lado esquerdo para mandar pro gol, com 27 minutos o Vovô voltou a carga com Felipe limpou a marcação e bateu de longe a gol e obrigou Kléver a fazer boa defesa. Com 32 mais uma vez os visitantes chegaram com Bill que mandou com perigo para boa defesa de Kléver em dois tempos.

O Ceará seguiu melhor depois do gol e ficou a um triz de marcar quando Charles cabeceou bem após bola parada e Lino salvou em cima da linha, aos 39 Gilsinho girou de média distância e mandou uma bomba para empatar o jogo. Aos 44 minutos veio a virada do Atlético por meio de Romário que cobrou pênalti com categoria e paradinha para vencer o goleiro adversário e fazer 2 a 1.

Na volta para o segundo tempo, o Ceará foi oportunista e rapidamente aos dois minutos, Bill cabeceou com categoria para igualar o jogo novamente. Aos dez minutos Wescley fez boa individual e deixou dois marcadores na saudade e bateu para o gol e a bola passou perto da trave e aos 15 minutos Magno Cruz tirou a marcação e mandou de longe para ótima intervenção de Éverson que se esticou todo para evitar o tento.

Aos 17 minutos após cobrança de escanteio do time da casa e a bola passou por toda a área assustando a defesa do adversário e quase marcando o terceiro. O time goiano teve uma chance com Júnior Viçosa aos 32 minutos quando ele soltou uma bomba para mais uma boa defesa de Éverson. Com 37 os visistantes chegaram com Tomás Bastos recebendo pelo meio e bate colocado porém o chute subiu muito e acabou indo pra fora.

Na reta final, apesar da pressão, do time nordestino e da retranca do time goiano, o placar se manteve mesmo em 2 a 2 e os times saíram com a sensação de que poderiam ter vencido o cotejo.