Magno Alves volta a marcar após quase seis meses e Ceará vence Vila Nova para entrar no G-4

Atacante não havia feito gol na atual Série B e não jogava desde julho; Goianos caem para quinta posição e saem do grupo dos quatro primeiros

Magno Alves volta a marcar após quase seis meses e Ceará vence Vila Nova para entrar no G-4
Foto: Lucas Moraes / Cearasc.com
Ceará
2 0
Vila Nova
Ceará: Éverson, Richardson, Rafael Pereira, Luiz Otávio, Romário; Raul, Pedro Ken (Jackson Caucaia 86'); Leandro Carvalho, Ricardinho (Lelê 70'), Lima; Elton (Magno Alves 80').
Vila Nova: Luís Carlos, Maguinho, Alemão, Wesley Matos, Geovane, Gastón, Mateus Anderson (Lourency 73'), Claudinei (F. Medeiros 64'), Tiago Adan, Alan Mineiro, Alípio (Moisés 64')
Placar: 1-0, min. 30, Elton. 2-0, min. 90+1, Magno Alves.
ÁRBITRO: Marcelo de Lima Henrique (RJ), auxiliado por Michael Correia (RJ) e Silbert Faria Sisquim (RJ). Amarelos: Pedro Ken 86', Alemão 90+3'
INCIDENCIAS: partida válida pela 28ª rodada da série b do campeonato brasileiro 2017, realizado na arena castelão, em fortaleza, ceará.

O bom momento do Ceará na Série B do Campeonato Brasileiro 2017 continua. A equipe cearense chegou ao quinto jogo sem perder ao bater o Vila Nova na noite desta terça-feira (3), pela 28ª rodada da competição, na Arena Castelão. Contabiliza três vitórias e dois empates no período sem revés. No jogo, Elton e Magno Alves foram às redes para darem resultado de 2 a 0 ao Vovô. Magnata que marcou seu primeiro gol no certame e o primeiro em quase seis meses. 

O triunfo impulsiona o alvinegro na tabela, saltando de quinto para a segunda posição, entrando definitivamente no G-4. Pode perder colocação para Paraná e América-MG, que ainda jogam na rodada, mas não sai do grupo dos quatro primeiros. Tem 48 pontos, mesma pontuação dos mineiros e dois a mais que os paranaenses. Os goianos, por sua vez, perdem o posto na rodada e caem para quinto, com 46 somados, podendo cair ainda mais caso Juventude e Oeste vençam seus jogos. 

Na próxima rodada o Ceará irá jogar contra o Oeste no sábado após a Data Fifa, no dia 14 de outubro, às 19h, fora de casa, enquanto que o Vila Nova terá o mando de campo para enfrentar o rival Goiás no Serra Dourada, no mesmo dia, mas às 16h30. Horários pelo de Brasília. 

Vila Nova assusta no início, mas Ceará domina primeiro tempo e abre o placar

Logo no segundo minuto, o Vila Nova quase abriu o placar com Alan Mineiro. O atleta aproveitou a bola na área e mandou para o gol, mas acabou acertando a trave e na sequência Éverson conseguiu tirar em cima da linha. Depois desse bom começo dos goianos, os cearenses conseguiram controlar a partida tendo mais a posse de bola e buscando atacar sempre pelas pontas, principalmente pela direita. 

Aos 13 minutos, Lima recebe pela esquerda, conseguiu abrir espaço paara a direita e arriscou colocado. Luis Carlos acabou fazendo a defesa e, no rebote, Leandro Carvalho pegou errado na bola, mandando para fora. Aos 20, Ricardinho recebe dentro da área, consegue um cruzamento na medida para Elton, que sobe na entrada da pequena área para cabecear, mas para no goleiro adversário, que faz nova defesa. 

O camisa 8 acabou tendo bola dentro da área para arriscar, ajeitou para a perna esquerda, mas pegou muito embaixo da redonda aos 24. Com 30 minutos, Elton aproveitou bola ajeitada na entrada da área e arriscou de primeira. A redonda ainda quicou na frente de Luis Carlos, e morreu no fundo das redes, abrindo o placar para os donos da casa. Conforme o tempo foi passado, o lado esquerdo apareceu como a alternativa no ataque alvinegro. 

Vila Nova é melhor no segundo tempo, não capitaliza e Ceará mata com Magno Alves

No começo do segundo tempo, o Vila Nova começou tendo mais a bola e tomando a iniciativa de ir ao ataque. A equipe goiana chegou pela esquerda, no sétimo minuto, e acabou chutando com força. Éverson fez a defesa, mas o bandeira já havia pegado o impedimento. Com 10 minutos, Adan arriscou de fora da área e obrigou o camisa 01 a fazer nova defesa.  

Visitantes voltaram melhor no segundo tempo, de fato. Os donos da casa mostravam uma postura mais defensiva, tentando sair em contra-ataque. Aos 15 minutos, Claudinei arriscou de fora, mas a bola explodiu na marcação. Dois minutos depois, Pedro Ken arriscou de fora da área, mas a redonda bateu no travessão, levantando o torcedor no Castelão. 

O mesmo Pedro Ken recebeu bola na entrada da área e arrematou novamente, mas a bola passou à direita de Luis Carlos. O Vila voltou a jogar em cima, no campo de ataque, e obrigou Éverson a fazer duas defesas em sequência. Primeiro com Geovane, e depois com Alan Mineiro, sendo que na segunda o arqueiro precisou se jogar para afastar a redonda. Depois, em contra-ataque, Magno Alves quase marcou o gol dentro da área, mas Luis Carlos ficou fácil com o esférico.

Os visitantes chegaram já depois dos 40, com um cruzamento perigoso para a área de Maguinho, mas Adan não conseguiu chegar. Porém, aos 46, Magno Alves recebeu bola dentro da área, de frente para o gol, e bateu para o gol, mantando o jogo para o Ceará. 

Ceará