Chamusca afirma que ansiedade não pode afetar Ceará na reta final: "Fica do portão para fora"

Treinador ainda exaltou na entrevista coletiva o retorno de Tiago Cametá ao elenco alvinegro

Chamusca afirma que ansiedade não pode afetar Ceará na reta final: "Fica do portão para fora"
Foto: Lucas Moraes / CearaSC.com

Com uma boa sequência na bagagem e vaga no G-4 assegurada rodada passada, o Ceará viaja nesta quinta-feira (12) para São Paulo, onde enfrenta o Oeste na Arena Barueri no próximo sábado (14) pela Série B do Campeonato Brasileiro 2017. Mas, na manhã deste feriado, o técnico da equipe, Marcelo Chamusca, deu entrevista coletiva e ressaltou a importância de seus jogadores não terem ansiedade nessa reta final da competição, além de exaltar o retorno de Tiago Cametá

Desde que caiu para a Série B em 2011, o Ceará brigou pelo acesso na maioria dos anos, mas na reta final faltava algo para a conclusão do projeto. Chamusca, quando questionado sobre a ansiedade para os últimos jogos do certame, disse que entende que ela existe por parte da torcida, mas não quer deixar afetar o psicológico dos atletas. 

"Não podemos trazer essa ansiedade, que ela é natural do entorno [torcida e jornalistas], para dentro do clube", afirmou o comandante. "Aqui dentro nós temos que pensar sempre no próximo adversário, no próximo jogo, temos que estar equilibrado. Precisamos estudar o oponente que enfrentaremos e a diretoria está investindo para que possamos fazer o nosso melhor", acrescentou Chamusca, que ainda falou que a ansiedade pré-jogo, por exemplo, é saudável, mas é preciso dosar. 

Tiago Cametá ficou de fora dos dois últimos jogos do alvinegro, sendo um por suspensão e outro por indisciplina. Pio e Richardson substituíram o jogador nos jogos, mas o lateral-direito está de volta ao elenco que enfrentará o Oeste neste sábado. O treinador da agremiação explicou a importância que isso tem para o grupo.

"É um jogador muito tático, disciplinado, que todo o grupo gosta. Ganhamos muito no aspecto ofensivo [com a volta do Cametá], porque no último jogo quando Richardson jogou, ganhamos consistência defensiva, então com Cametá melhoramos muito no último terço, um contra um e em jogada mais forte pelo lado", aponto Marcelo em comparação ao que muda em relação ao último jogo na ponta direita. 

Oeste e Ceará se enfrentam na Arena Barueri, neste sábado (14), às 19h pelo horário de Brasília em partida válida pela 29ª rodada da Série B. O Vovô atualmente ocupa a quarta posição com 48 pontos, um a mais que o Rubrão, que se encontra na quinta colocação na tabela. 

Ceará