Após polêmica em jogo do Ceará, Presidente da FCF vai à CBF exigir arbitragem Fifa

Jogadores e líderes do Vovô também se pronunciaram sobre o erro de arbitragem na partida frente Guarani

Após polêmica em jogo do Ceará, Presidente da FCF vai à CBF exigir arbitragem Fifa
Richardson marcou o que seria o gol da vitória, mas foi anulado pelo bandeira (Foto: Lucas Moraes / Cearasc.com)

No empate entre Ceará e Guarani neste terça-feira (7), um lance em particular chamou atenção. Richardson, já no segundo tempo, havia feito o gol que seria o da vitória, mas o tento foi anulado erroneamente pelo bandeira.

A situação ocasionou em grande insatisfação de comissão técnica, direção e jogadores do alvinegro e, nesta quarta-feira (8), o presidente da Federação Cearense de Futebol, Mauro Carmélio, confirmou que vai à CBF pedir que as partidas do Vovô sejam feitas com arbitragem Fifa. Paulo Sílvio, presidente da Comissão de Arbitragem da FCF também estará presente na reunião com Marco Polo Del Nero. 

Demonstrando indignação, o mandatário da entidade que gere o futebol cearense lembrou de outra situação que já aconteceu nesta temporada com o Ceará. "O clube já foi prejudicado contra o Juventude e agora nesse lance legítimo", lê-se na publicação do Esportes O Povo. "Exigimos árbitros Fifa ou Master. Faltam quatro jogos decisivos para o futebol cearense", afirmou. 

Ao final da partida, alguns nomes da equipe alvinegra se pronunciaram sobre a situação. Richardson, autor do gol anulado, enfatizou a importância de uma boa arbitragem para que um trabalho não seja interrompido. "No fim do jogo, eu falei para o bandeira que errar faz parte do ser humano, mas eu estava convicto de que estava em posição legal", acrescentou o volante. 

Experiente, o ídolo Magno Alves minimizou o erro da arbitragem. "Existem esses erros capitais que acabam nos prejudicando. Hoje teve mais um, mas seguiremos no nosso intuito do objetivo maior, que é o acesso", comentou o atacante. 

Outro que se pronunciou foi o goleiro Éverson, um dos líderes do grupo, e ele fez questão de lembrar a da força e união que o elenco tem. "Já colocamos a cabeça no lugar para buscar um bom resultado contra a equipe do Goiás. Temos um grupo forte e fechado. Não é qualquer coisa que vai nos derrubar", declarou.

O Ceará continua sua caminhada rumo à Série A contra o Goiás, no próximo sábado, às 16h30 pelo horário local, em partida válida pela 35ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro 2017.