Chapecoense e Fluminense empatam sem gols na Arena Condá

Chapecoense mantém histórico sem perder para o Fluminense; Pela primeira vez equipes empatam

Chapecoense e Fluminense empatam sem gols na Arena Condá
Foto: Divulgação/Fluminense FC
Chapecoense
0 0
Fluminense
Chapecoense: Danilo; Gimenez, Marcelo, Thiego e Dener Assunção; Moisés (Andrei, min. 37'/1ºT), Sérgio Manoel e Hyoran (Lourency, min. 45'/2ºT); Lucas Gomes (Arthur Maia, min. 23'/2ºT), Silvinho e Bruno Rangel. Técnico: Guto Ferreira.
Fluminense: Diego Cavalieri; Jonathan, Gum, Henrique e Giovanni; Douglas, Edson, Cícero e Gustavo Scarpa; Richarlison (Magno Alves, min. 0'/2ºT) e Fred. Técnico: Levir Culpi.
ÁRBITRO: Ricardo Marques Ribeiro (MG/Fifa), auxiliado por Pablo Almeida da Costa (MG) e Rafael Trombeta (PR).
INCIDENCIAS: 6ª rodada do Campeonato Brasileiro 2016, jogo realizado na Arena Condá, em Chapecó.

Na noite deste sábado (4), Chapecoense e Fluminense se enfrentaram na Arena Condá, pela 6ª rodada do Campeonato Brasileiro, e empataram sem gols. Com o resultado, a Chapecoense agora soma dez pontos e se manteve na quinta posição. Já o Flu, agora soma nove pontos e continua em sétimo lugar. 

Na próxima rodada, a Chape enfrenta a Ponte Preta fora de casa, no sábado (11), às 16h (de Brasília). No mesmo dia, às 18h30, o Flu recebe o Grêmio em Volta Redonda, no Rio de Janeiro.

No primeiro tempo, as equipes pouco atacaram. Richarlison teve a melhor chance da etapa inicial, mas o lateral-direito Gimenez salvou em cima da linha. No segundo tempo, as melhores chances saíram na bola parada. Numa dessas, Cícero até marcou, mas o árbitro marcou impedimento. Assim, o zero não saiu do placar.

Primeiro tempo equilibrado, fraco e sem muitas chances de gol

Os primeiros 45 minutos foram bastante equilibrado. As duas equipes trabalhavam muito a bola, mas pouco finalizavam. A primeira etapa terminou com uma grande chance para cada um, fora isso os goleiros pouco trabalharam.

A primeira grande chance só surgiu aos 15 minutos, com a Chapecoense. Silvinho fez boa jogada individual na entrada da área e finalizou colocado no canto, mas a bola saiu pelo lado do gol de Diego Cavalieri.

O Fluminense só conseguiu sua primeira finalização aos 27 minutos. Fred tentou o arremate de primeira, de muito longe do gol, mas o chute saiu fraco e Danilo defendeu tranquilamente. Mas, a grande chance da primeira etapa foi do Tricolor. Aos 35, Jonathan recebeu de Scarpa pela ponta direita e finalizou. Danilo deu rebote, que caiu nos pés de Richarlison, com o gol vazio. O atacante finalizou rasteiro e Gimenez salvou em cima da linha.

Fluminense é melhor em segundo tempo de pouca criatividade, mas o jogo termina sem gols

No segundo tempo, a Chapecoense começou assustando logo nos primeiros minutos após cobrança de falta na área do Flu, mas depois disso o jogo ficou morno. Até os 15 minutos, quando o Tricolor atacou pela primeira vez, após cobrança de escanteio e desvio perigoso de Gum.

Com mais posse de bola, o Flu chegava mais vezes ao ataque, mas pouco criava. Aos 28 minutos, a bola parada voltou a ser motivo de perigo. Cícero marcou de cabeça, mas o assistente marcou impedimento do camisa 7 no lance.

O Fluminense manteve-se melhor em campo até o fim do jogo. Aos 41, Edson teve oportunidade, mas a finalização saiu pelo lado. A Chapecoense voltou a finalizar somente aos 47 minutos, quando Arthur Maia chutou de longe, mas Cavalieri defendeu com facilidade. Sem mais chances, o jogo terminou empatado sem gols.