Caio Júnior comemora feito histórico da Chape, mas ressalta: "A gente quer mais"

Batendo o Junior Barranquilla por 3 a 0, a Chape agora espera o seu adversário para a semifinal da copa sul-americana

Caio Júnior comemora feito histórico da Chape, mas ressalta: "A gente quer mais"
Foto? Divulgação/Chhapecoense

A Chapecoense entrou em campo contra o Junior Barranquila-COL sabendo que tinha uma missão: reverter o placar do jogo de ida, que foi 1 a 0 para os colombianos. Ananias, Gil e Thiego entenderam bem essa missão, tanto que foram os autores dos gols que deram a classificação histórica para o Verdão do Oeste, que agora espera o classificado de San Lorenzo-ARG e Palestino-CHI para saber com quem duelará na semifinal da Copa Sul-Americana de 2016.

Durante a entrevista coletiva, o professor Caio Júnior não escondeu a sua felicidade, tanto com a classificação, quanto ao desempenho da equipe dentro das quatro linhas, e assim ele disse: “Foi um jogo histórico, marcante na minha carreira, e com chuva o tempo inteiro. Teve uma aplicação tática total da minha equipe. Falei para eles no intervalo que só precisava repetir a intensidade. O adversário não respirou. Lógico que o campo foi piorando e dificultou. Hoje a bola entrou cedo, o que foi decisivo”.

Para finalizar o seu balanço geral da partida, o técnico Caio falou também sobre o merecimento da Chape: “Deus escolheu o lugar certo, com as pessoas certas. Hoje o clube merece estar entre os quatro melhores da América. E a gente quer mais”.

Individualmente, o treinador da Chape exaltou todos os atletas, dando nota dez para a atuação de cada, mas um jogador recebeu um destaque especial, que foi o maestro Cléber Santana: “Ele foi um exemplo. O que o Cleber jogou hoje foi algo impressionante. Serviu de ensinamento para quem quer jogar futebol”.

Tão elogiado pelo professor Caio, o meia Cléber Santana também falou ao fim da partida, e ele exaltou o poder do grupo: “A equipe foi dedicada, intensa. Marcamos bem, como teve no jogo contra o Joinville na final. Teve vários bons jogos na temporada. Esse foi um deles. Fizemos história”.

A Chapecoense volta a campo no próximo sábado (29), em um compromisso pelo campeonato brasileiro da série A; o adversário será o Corínthians em Itaquera, o jogo tem o seu início marcado para ás 16h30.