Filipe Machado: líder da Chapecoense e exemplo para os mais jovens

Experiência, liderança e carisma: características destacáveis na carreira do zagueiro que perdeu sua vida no desastre aéreo na Colômbia

Filipe Machado: líder da Chapecoense e exemplo para os mais jovens
Fotomontagem: Hugo Alves/Editoria de Artes/VAVEL Brasil

Sinônimo de experiência e liderança dentro da Chapecoense, o zagueiro Filipe Machado foi uma das vítimas do fatídico acidente aéreo que matou 19 jogadores e integrantes da comissão técnica do clube catarinense, na Colômbia.

Morto aos 32 anos, o defensor era uma das referências do grupo alviverde e ostentou a braçadeira de capitão no último jogo que o time realizou antes da viagem, contra o Palmeiras, no Allianz Parque, pelo Campeonato Brasileiro.

O vídeo que Filipe gravou (veja abaixo) antes de a aeronave levantar voo rumo à Colômbia, para a disputa do primeiro jogo da final da Copa Sul-Americana, rodou a internet após o desastre ocorrido na madrugada da última terça-feira (29). Na gravação, é possível ver uma pessoa alegre, simpático e brincalhão interagindo com os colegas de grupo.

Natural de Gravataí, em Porto Alegre/RS, Filipe começou sua carreira há 14 anos defendendo as cores do Internacional. Depois, virou um “cigano da bola”. Rodou por Fluminense, Esportivo-RS, CSKA Sofia, da Bulgária, Salernitana, da Itália, Inter Baku, do Azerbaijão), e Al Dhafra, dos Emirados Árabes. Mas foi no Macaé que o defensor se destacou.

Com status de ídolo no Leão, ele foi uma das peças fundamentais na campanha que culminou no título da Série C do Campeonato Brasileiro 2014. Deixou o clube carioca no ano seguinte para rumar ao Saba Qom, do Irã, e prometeu voltar à agremiação no futuro. Retornou ao Brasil em maio deste ano, mas para outro clube: Chapecoense.

Pela equipe de Chapecó, Filipe atuou em 19 partidas e balançou as redes apenas uma vez, no revés por 3 a 1 para o Atlético-PR, no dia 5 de outubro, em Curitiba, pelo Campeonato Brasileiro. Terminou sua caminhada no futebol usando a faixa de capitão no último domingo (27/11), quando a Chape foi derrotada pelo Palmeiras, por 1 a 0, em São Paulo. Com o triunfo, o clube paulista conquistou o Brasileirão.

“Zagueiro à moda antiga”, o carismático Filipe deixa uma lacuna no coração daqueles que o amavam. E uma dessas pessoas era Aline Penteado Pereira Machado, sua esposa. Ela usou a rede social Instagram para lamentar a morte do marido e se declarar a ele. A foto, segundo Aline, é a última que o atleta mandou a ela antes da tragédia antes da final da Copa Sul-Americana.