Alan Ruschel avalia atuação diante do Fla: "Superei minhas expectativas"

Sobrevivente da tragédia ocorrida em novembro de 2016, foi o primeiro jogo oficial do atleta na Arena Condá, pelas oitavas de final da Copa Sul-Americana

Alan Ruschel avalia atuação diante do Fla: "Superei minhas expectativas"
(Foto: Rafael Bressan/Chapecoense)

Só faltou o gol. Chapecoense e Flamengo se enfrentaram e empataram sem gols nessa quarta-feira (13), pela primeira partida das oitavas de final da Copa Sul-Americana, na Arena Condá, em Chapecó. A partida marcou o primeiro jogo oficial de Alan Ruschel após o trágico acidente com o avião da Chape, ocorrido nos últimos dias de novembro de 2016. O lateral, que jogou no meio-campo, foi o melhor jogador da equipe da casa, e foi o autor do lance mais perigoso da partida, em um chute forte cruzado, obrigando o goleiro do Flamengo, Diego Alves, a fazer uma defesa difícil.

Ao contrário do que costuma jogar, a Chapecoense jogou pressionando a equipe adversária, fazendo uma marcação-pressão nas saídas de bola, principalmente com o próprio Alan Ruschel e Wellington Paulista. A entrega da equipe durante todo o jogo foi surpreendendo até os torcedores que acompanhavam o jogo da Arena Condá. Todavia que a Chape vinha de uma sequência desfavorável no Campeonato Brasileiro que culminou na demissão do ex-treinador Vinícius Eutrópio. Entretanto, a raça demonstrada dentro de campo, segundo Alan Ruschel, foi um ponto positivo para os próximos jogos, tanto da equipe quanto dele.

''A equipe lutou até o final, a gente queria sair com a vitória mas a gente tava jogando contra um grande clube, que é o Flamengo. Feliz pelo jogo que eu fiz, aos poucos vou voltando a ter o ritmo de jogo, sequência, então tô muito feliz por esse momento que estou vivendo. E o empate está de bom tamanho, pela equipe que a gente enfrentou'', disse o jogador.

 

No total, Alan Ruschel jogou 72 minutos. (Foto: Rafael Bressan/Chapecoense)
No total, Alan Ruschel jogou 72 minutos (Foto: Rafael Bressan/Chapecoense)

Lateral de ofício, Alan jogou na linha de meio-campo, na ponta esquerda, fazendo jogadas com Reinaldo e o Argentino, Canteros. O jogador mostrou uma entrega física que parecia não estar parado há tanto tempo. Fez de tudo para sair com uma vitória, que só não veio por detalhe, mas que pode vir na próxima quarta-feira (20), na Ilha do Urubu, no Rio de Janeiro. Com 27 minutos do segundo tempo, Alan Ruschel foi substituido e, na saída do campo, foi aplaudido por toda a torcida que acompanhava o seu retorno, que para o próprio jogador, foi até mais do que o esperado.

''Feliz pelo momento que venho passando, que venho atravessando. A gente vem trabalhando, eu venho me dedicando nos treinos, nos amistosos que eu fiz, pra ficar a disposição do comandante. E antes desse jogo, eles vieram conversar comigo, o Emerson (técnico interino) conversou comigo e falou que eu tava preparado pelo o que ele via nos treinos, que eu tava cem por cento pra jogar. Pediu minha opinião e eu falei que sim, e a gente sempre conversou, e eu sempre conversei e deixei bem claro pra todo mundo que nunca busquei piedade de ninguém. Até pelo respeito de quem tá aqui. Eu to trabalhando, igual a todo mundo, me dedicando igual a todo mundo e graças a Deus, chegou o meu momento, chegou a minha hora e eu pude corresponder dentro de campo e estou feliz pelo jogo que eu fiz e superei até minhas próprias expectativas", finalizou Alan.