Resultado Chapecoense x Nacional-URU na Libertadores 2018 (0-1)

Resultado Chapecoense x Nacional-URU na Libertadores 2018 (0-1)
Chapecoense
Nacional

49' Fim de jogo na Arena Condá.

48' Cartão amarelo para Fucile.

44' Quatro minutos de acréscimo.

43' Mais uma expulsão! Eduardo leva o braço no rosto do adversário e está expulso da partida.

40' Cartão amarelo para Perotti, que acabou de entrar.

38' NA TRAVE!!! Bruno Silva finaliza uma bomba de pé direito e a bola bate na trave.

34' Chape aproveita e muda também. Sai Nadson e entra Perotti.

34' Muda o Nacional. Sai Fernández para entrada de González.

33' UUUH! Inacreditável o gol perdido por Apodi. Bruno Silva bate de fora da área, Conde dá o rebote e Apodi, livre, manda para fora.

31' VERMELHO! Está expulso o jogador Espino.

29' Falhou a defesa da Chape, deixando livre para Romero finalizar.

29' GOL DO NACIONAL!

26' Mudança no Nacional. Sai Víudez para a entrada de Bergessio.

25' Douglas finaliza de cabeça e a bola sai pela direita de Conde. 

24' Nacional segue trabalhando muito a marcação.

22' Nesse momento, Nacional tem mais posse de bola, com 51% e 49% da Chapecoense.

20' Mudança na Chape. Bruno Silva, de apenas 17 anos, entra no lugar de Lucas Mineiro.

18' Cartão amarelo para Guilherme.

18' Em cobrança de falta, Romero cabeceia na entrada da área, mas Jandrei defende com facilidade.

17' Chape cobra primeiro escanteio no jogo e a bola fica com Conde, goleiro do Nacional.

16' Jandrei faz lançamento logo para Guilherme e é marcado impedimento.

14' Até aqui foram 5 finalizações do Nacional e 2 da Chapecoense. 

11' Nadson tenta passar por dois marcadores, mas acaba desarmado. 

9' Nacional troca passes com facilidade nessa etapa da partida.

7' Nadson volta para o jogo, sem dores. 

6' Em dividida com Arismendi, Nadson fica caído com dores na cabeça.

4' Espino tenta cruzamento, a bola vai direto no goleiro Jandrei que defende com facilidade. 

2' Apodi erra passe, Viúdez tira proveito, avança na área e ganha escanteio para o Nacional.

Ambos voltaram sem mudanças no time do intervalo.

Começa o segundo tempo. 

Equipes voltando a campo para o segundo tempo.

47' Fim de primeiro tempo. 

46' Mais um minuto acrescentado.

45' Espino cobra falta na área e Douglas afasta o perigo.

44' Placa levantada, teremos um minuto de acréscimo na Arena Condá.

43' Impedido! Carlos de Pena recebe lançamento, e o árbitro marca impedimento.

41' Mais um cartão amarelo. Dessa vez, Fernández recebeu.

39' QUASE! De canhota, Márcio Araújo manda uma bomba para o gol e vai para fora.

39' Cartão amarelo para Alfonso Espino.

37' Nadson se recupera e a bola rola novamente.

35' Nadson caído no gramado após pisão de Espino. 

33' UUH! Mais uma vez os uruguais chegam perto de abrir o placar. Dessa vez com Carlos de Pena, por pouco não alcançou a bola.

31' Até o momento a Chape tem mais posse de bola, porém apenas uma finalização perigosa. 

29' Apodi é derrubado e fica caído no gramado. 

27' QUE PERIGO! Zunino finaliza e a bola passa perto da trave.

26' Márcio Araújo lança para Apodi, que cruza forte e a bola sai pela linha de fundo.

24' Defesa da Chape apenas toca a bola perto da goleira de Jandrei.

22' Viúdez recebe lançamento na área, a bola passa em velocidade e vai a tiro de meta a favor da Chape.

19' Atacante Guilherme recebe bom passe, mas é desarmado em seguida.

15' Equipes valorizam muito a marcação nessa etapa da partida.

13' Em dividida na lateral do campo, a bola sai a favor do Nacional.

11' PASSOU PERTO! Nadson recebe na área, avança em direção ao goleiro, passa por dois marcadores e consegue a finalização. O goleiro Conde defendeu. 

7'  Márcio Araújo consegue bom passe para Apodi, mas corta a zaga uruguaia.

6' Fernández empurrado no gramado. Árbitro apita e Oliva fica com a bola.

3' Primeira falta marcada do jogo, a favor da Chape, em cima de Márcio Araújo.

1' UUUH! Logo no primeiro minuto o Nacional chegou muito perto de abrir o placar com Fernández, de peixinho.

Bola rolando na Arena Condá!

Equipes já estão no gramado, em instantes o juiz dará início ao jogo. 

Nacional vem com novidade, Oliva no lugar de Aguiar e Arismendi jogará na zaga. Time titular será Esteban Conde; Jorge, Guzmán Corujo, Diego Arismendi, Alfonso Espino, Santiago Romero; Oliva, Matías Zunino, Tabaré, Carlos de Pena; Sebastián Fernández..

Chapecoense escalada: Jandrei; Apodi, Fabricio Bruno, Douglas, Bruno Pacheco; Amaral, Márcio Araújo, Lucas Mineiro, Nadon, Guilherme; W. Paulista.

Boa noite! A partir de agora estaremos juntos para acompanhar Chapecoense x Nacional-URU, válido pela 2° fase da Pré-Libertadores 2018. Fique conosco e nos siga no Twitter: @VAVEL_Brasil   

PROVAVEL NACIONAL: Conde; Zunino, Corujo, Rolin (Rogel), Espino; Arismendi, Romero (Álvaro González), Aguiar, De Pena e Viudez; Sebástian Fernández
Técnico Alexander Medina 

PROVAVEL CHAPECOENSE: Jandrei; Bruno Pacheco, Fabrício Bruno, Douglas Bacelar, Apodí; Lucas Mineiro, Amaral, Nadson, Márcio Araújo; Guilherme e Wellington Paulista
Técnico Gilson Kleina

Para a partida de hoje, Moisés Ribeiro será desfalque. Ele apresentou lesão de primeiro grau no músculo adutor da coxa esquerda.

FIQUE DE OLHO: Tabaré Viudez é o camisa 10 do time uruguaio que, apesar de viver má fase, vê em seu mais talentoso jogador uma boa oportunidade de prosperar. Mestre em assistências, Viudez deve ser marcado de perto pelos volantes da Chape.

FIQUE DE OLHO: Guilherme tem sido destaque nas primeiras partidas do ano. Marcou três dos quatro gols do time na temporada e foi muito bem recebido quando chegou do Grêmio, por empréstimo. Faz dupla com Wellington Paulista, misturando juventude e experiência.

A defesa é um ponto forte da Chape no começo de temporada: a equipe ainda não sofreu gols em 2018.

No Campeonato Catarinense, a Chapecoense é lider e está invicta. Venceu Concórdia, Joinville e Inter de Lages, e teve um empate com o Criciúma.

Cheio de desfalques, o time uruguaio não poderá contar com Fucile (lesionado), Polenta (vendido), Sebástian Rodríguez (suspenso) e Bergessio (sem ritmo). 

Se o começo de temporada do time catarinense é bom, o do Nacional não agrada até aqui. Perdeu a SuperCopa Uruguaia para o Peñarol, pelo placar de 3 a 1.

O Nacional tem a agenda movimentada a partir deste confronto. No sábado (03) já irá estrear no Campeonato Uruguaio, contra o Torque.

Chapecoense e Nacional se enfrentaram na Libertadores 2017, na fase de grupos. Na Arena Condá, empate em 1 a 1. No Parque Central, vitória dos uruguaios por 3 a 0.

O jogo entre Chapecoense e Nacional-URU terá início às 21h45 (horário de Brasília). 

Na Arena Condá, Chapecoense e Nacional-URU voltam a se enfrentar pela Libertadores da América. Diferente da edição passada, quando jogaram pela fase de grupos, dessa vez as equipes disputam uma vaga na última fase preliminar na competição. A partida de ida do confronto acontece em Chapecó nesta quarta-feira (31), às 21h45 (horário de Brasília).

As equipes se enfrentaram duas vezes na história, na edição 2017 da Libertadores. Pelo Grupo 7, o resultado foi de empate por 1 a 1, na Arena Condá. Já em Montevidéu, o Bolso venceu por 3 a 0. A Chape acabou sendo eliminada da competição por conta de uma escalação irregular, terminando em 3º no grupo e favorecendo o time uruguaio, que ficou com o segundo lugar. O Nacional acabou sendo eliminado nas oitavas-de-final, quando perdeu o confronto para o Botafogo.

No início do Campeonato Catarinense, a Chapecoense ainda não perdeu, nem sofreu gols em quatro rodadas. No último domingo (27),
o Verdão bateu o Joinville, por 1 a 0, em casa, e chegou aos 10 pontos, dividindo a liderança da competição com o Figueirense. Agora, o técnico Gilson Kleina espera transferir este bom momento para este mata-mata decisivo da temporada.

Em relação ao jogo do Estadual, Kleina não poderá contar com o volante Moisés Ribeiro, fora com um problema na coxa. Gilson Kleina já confirmou que Lucas Mineiro será o substituto.

"Entra o Lucas Mineiro e permanece com a estrutura. Vamos mexer o menos possível. Lamentamos a ausência, mas enaltecemos quem está entrando. Com afinco, com seriedade. Importante ter elenco para estas situações", ressaltou o treinador.

Moisés Ribeiro se junta a aos meio-campistas Canteros e Elicarlos e aos atacantes Arthur Caíke e Vinícius no departamento médico da Chapecoense. O restante da equipe deve ser a mesma da última partida pelo Catarinense.

Com um novo técnico, o Nacional ainda tenta se organizar na temporada. Na única partida oficial do clube até agora sob o
comando de Alexander Medina, que substituiu Martín Lasarte, o Bolso perdeu o clássico para o Peñarol por 3 a 1, pela Supercopa Uruguaia

O treinador não vai poder contar com o meio-campista Sebastián Rodríguez que está fora por suspensão. O lateral-direito Fucile está em Chapecó, mas é dúvida por conta de uma lesão sofrida nos treinamentos. Medina também não terá o seu capitão.

O zagueiro Diego Polenta negocia seu retorno para o Genoa, e não viajou para Santa Catarina. O treinador lamentou a possível saída de um dos pilares da equipe, mas se disse de mãos atadas diante da negociação.

"Polenta é um jogador importantíssimo para o Nacional. É uma das referências, e demonstrou isso nestes anos, tem muita qualidade. Eu não sei, a decisão da saída é uma decisão do jogador e da direção. Muitas vezes a situação ou as decisões são pessoais, alheias ao técnico", disse Medina.

Sobre a partida, o técnico acredita que o time vem evoluindo apesar da estreia ruim, e espera trazer de Chapecó um bom resultado e uma boa atuação.

"O que passou, ficou para atrás. Estamos preocupados em seguir melhorando. No outro dia (jogo com o Peñarol), fizemos coisas muito boas, mas cometemos erros muito grandes. Temos muita confiança, muita fé. Sabemos que vamos seguir melhorando, que os resultados vão aparecer. Vamos ao Brasil com a melhor expectativa. Temos muita confiança em fazer um bom jogo e trazer um bom resultado", afirmou.