Gilson Kleina se mostra satisfeito após empate contra Figueirense: "Ponto precioso"

Jogadores e técnico da Chapecoense ressaltaram a importância do empate contra líder do Campeonato Catarinense no Scarpelli

Gilson Kleina se mostra satisfeito após empate contra Figueirense: "Ponto precioso"
Foto: Divulgação Figueirense

Figueirense e Chapecoense ficaram no empate em 0 a 0 no estádio Orlando Scarpelli na noite desta quarta-feira, em partida válida pela oitava rodada do Campeonato Catarinense. Após a partida, atletas da Chapecoense e o técnico Gilson Kleina falaram sobre o duelo da rodada e valorizaram o ponto conquistado na casa do adversário.

Temos que valorizar o ponto, vai nos ajudar lá na frente. Nos empenhamos até o final, tivemos oportunidades”, falou Arthur Caike na saída de campo.

Para o goleiro Jandrei, a Chapecoense merecia ter saído com vitória da partida: “Se alguém merecia ter saído com a vitória, é a Chape, mas infelizmente não conseguimos converter gols. O empate é importante, temos que valorizar, não deixar de comemorar e pensar já no domingo".

O comandante da equipe, Gilson Kleina, avaliou a partida e também ressaltou a importância do ponto conquistado.

A equipe do Figueirense marca muito bem. A Chapecoense tentou a vitória o tempo todo, tivemos jogadas pelos lados. Enfrentamos o líder aqui, num bom momento, queríamos a vitória, mas não conseguimos e saímos com um ponto precioso. Não tomamos sustos, fora o do final da partida, num todo, nossa equipe teve uma postura para sair vitoriosa”, disse.

Kleina falou ainda sobre a postura de sua equipe em campo. O técnico salientou a necessidade de trabalhar as jogadas.

 “Nossa bola tá muito baixa, foi na bola parada que tomamos um contra-ataque e um cartão. Bola parada é repetição, é questão da gente voltar a trabalhar. Tivemos uma equipe bem postada no setor defensivo. Tivemos quatro ou cinco chances na frente. Claro que vamos tentar melhorar no setor de criação, mas principalmente ser efetivos e colocar a bola pra dentro, pois isso define o resultado. Temos que arriscar um pouco mais nos chutes. Se uma equipe tinha que sair vencedora, é a Chape.”, avaliou.

A Chapecoense, vice-líder do Catarinense com 17 pontos, um a menos que o Figueirense, volta a campo no próximo domingo (18), quando enfrenta o Avaí na Arena Condá, às 17h.