Pego na contraprova, Yago é suspenso e desfalca Corinthians por 30 dias

Com novo positivo, o zagueiro desfalcará o Timão, que ainda perderá seu substituto, Balbuena, durante a Copa América.

Pego na contraprova, Yago é suspenso e desfalca Corinthians por 30 dias
(Foto: Daniel Augusto Jr./Agência Corinthians)

Depois de ser flagrado no exame antidoping (após partida contra o Santos, no dia 6 de março) o exame que serviria como contraprova ao zagueiro Yago teve, novamente, resultado positivo, o que provoca a suspensão do jogador pelo período de um mês, enquanto aguarda julgamento. O Corinthians ainda não foi comunicado sobre a suspensão. 

O resultado do novo teste, no entanto, não chega a ser surpreendente, já que o próprio clube teria assumido previamente que aplicou ao atleta a medicação na qual se encontra a substância betametasona (utilizada em anti-inflamatórios que combatem dores no joelho), responsável pelo resultado positivo no teste. 

A defesa do Timão alega que não tirou nenhum proveito do remédio, e que o uso foi apenas para curar as dores que o jogador sentia. Além disso, o clube também afirma que a administração da medicação ocorreu de forma intra-articular (maneira pela qual a Agência Mundial de Dopagem permite a utilização da mesma). 

Com a suspensão, o substituto imediato para o jovem zagueiro seria Balbuena, que foi incluído na lista de convocados da seleção paraguaia, para disputar a Copa América Centenária. Desta forma, após o dia 23 de maio, data em que o jogador deve se apresentar para disputar a competição, Tite ainda poderá contar com Vilson e Pedro Henrique para completar a zaga para as primeiras rodadas do Campeonato Brasileiro