Tite repreende vaias após empate com o Grêmio e pede apoio à torcida

O comandante alvinegro lembrou que o apoio a equipe sempre foi uma marca da torcida corinthiana, e que é necessário ter paciência com uma equipe que ainda esta passando por ajustes

Tite repreende vaias após empate com o Grêmio e pede apoio à torcida
(Foto: Ernesto Rodrigues/Folhapress)

Após o amargo empate em 0x0 diante do Grêmio, em plena Arena Corinthians, resultado de um adversário jogando totalmente fechado e erros de finalização por parte da equipe paulista, restou ainda ao elenco corinthiano as vaias de uma torcida frustrada após duas eliminações em casa. 

A reação vinda das arquibancadas surpreendeu, em especial, o técnico Tite, que saiu em defesa de seus atletas. “A torcida, tal qual nós, está frustrada, chateada. É o primeiro jogo em casa que não fazemos gol. Só que a equipe carregou as duas eliminações, sendo o melhor ataque e melhor defesa e melhor saldo do Paulista. A torcida, porém, só lembra das eliminações e traz consigo essa peça. Hoje [domingo] o Marquinhos jogou pela primeira vez com o Giovanni, precisa dar tempo. Esse sentimento é o sentimento do torcedor, só que tem que agir com sentimento e razão”, declarou o comandante alvinegro. 

Tite afirmou que, os erros nas finalizações por parte do Corinthians foram fruto do nervosismo e da ansiedade gerados pelos últimos resultados da equipe em casa e, com a angústia expressa em forma de protestos pela torcida, criou-se um clima de tensão pela saída de um gol com urgência, resultando em mais falhas e no empate em 0x0. 

Principais alvos das vaias vindas das arquibancadas, Rodriguinho e André também foram lembrados pelo técnico, ao pedir a torcida que tenha paciência com uma equipe que ainda esta passando por alterações. "Se apoiar [os jogadores] vai melhorar. Senão esses ajustes que eu falo que o time precisa vão demorar a acontecer. A torcida do Corinthians sempre se caracterizou por apoiar, e essas manifestações têm me surpreendido. Eu tenho um pouco de carinho, respeito ao torcedor, para pedir: não faça o que fez com o Rodrigo, com o André. Eu sei que daqui a pouco eu posso não ser o técnico ideal para bastante gente, só tenho é que passar critérios, ideias...", disse o treinador. 

Por fim, Tite criticou aqueles que definiram a partida contra o Grêmio como um jogo "feio" por seu resultado e, afirmou que independente do placar, o embate pode ser definido como um jogo entre duas equipes bem posicionadas, onde infelizmente, o Timão não conseguiu sair com a vitória, o que não tira o mérito de nenhuma das equipes. 

Sem jogos no meio desta semana, o Corinthans volta a campo no próximo domingo (22) pelo Campeonato Brasileiro, contra o Vitória, no Barradão.