Tite propõe mudanças na escalação em primeiro treino do meia Camacho no Corinthians

Antes do treino, membros da Gaviões se reuniram com atletas e dirigentes

Tite propõe mudanças na escalação em primeiro treino do meia Camacho no Corinthians
Mesmo sem contrato assinado, Camacho fez seu primeiro treino com a equipe. (Foto: Diego Ribeiro)

No treino desta quinta-feira (19), o técnico Tite confirmou a escalação do time que irá enfrentar o Vitória, neste domingo, pela segunda rodada do Campeonato Brasileiro 2016. 

Tite optou por Giovanni Augusto e Guilherme no lugar de Romero e Rodriguinho. Marquinhos Gabriel também foi confirmado no time titular. Elias e Balbuena farão a última partida antes de se apresentarem para a Copa América.

O provável time será: Cássio; Fagner, Felipe, Balbuena e Uendel; Bruno Henrique; Marquinhos Gabriel, Elias, Guilherme e Giovanni Augusto; André.

Mesmo sem contrato assinado, o meia Camacho fez seu primeiro treino com a camisa alvinegra. O meia de 26 anos, chamou atenção do  clube após a boa campanha feita no campeonato paulista pelo Audax. Vindo para suprir a provável saída de Elias na proxima janela de transferência.

O atleta foi o último a chegar em campo e treinou toques curtos com o restante do elenco.  Depois quando Tite iniciou o trabalho tático, foi levado para um campo ao lado junto com Willians, Léo Prínicipe, Matheus Pereira, Pedro Henrique e com Guilherme Andrade, voltando de lesão. Após várias trocas de passe, o grupo treinou chutes a gol com o goleiro Caíque França. Ainda sem vínculo oficial com o clube, Camacho nã está relacionado para a partida deste domingo.

Antes do treinamento, cerca de quatro membros da  torcida organizada do Corinthians, Gaviões da fiel, se reuniram com os dirigentes e jogadores alvinegros. 

De acordo com o repórter da Transamérica, Marco Bello, os jogadores Fágner, Giovanni Augusto, Elias e o goleiro Cássio estiveram presente na reunião. A assessoria do clube confirmou apenas a presença do  diretor de futebol, Edu Gaspar e Alessandro, coordenador técnico da equipe. O assunto em questão tratou-se de explicar aos atletas e dirigentes, a responsabilidade de jogar em um clube com a grandeza do Corinthians.

Houve um atraso por cerca de uma hora no treino, contudo, a assessoria alvinegra informou que foi devido a vídeos mostrados aos atletas sobre o EC Vitória, adversário deste domingo.

O protesto é o segundo em menos de uma semana. No último sábado membros da camisa 12, levaram rojões, faixas e cobraram vontade dos jogadores, antes da estreia no Campeonato Brasileiro. O Corinthians enfrenta o Vitória neste domingo, ás 16h, pela segunda rodada do Campeonato Brasileiro, no Barradão.