Tentando fazer as pazes com a torcida, Corinthians enfrenta o Vitória no Barradão

O Timão vai á Salvador tentando uma vitória para acalmar os ânimos da torcida; do outro lado, o Vitória busca um 'recomeço' no Campeonato Brasileiro após derrota por 4 a 1

Tentando fazer as pazes com a torcida, Corinthians enfrenta o Vitória no Barradão
(Foto: A Tribuna - MT)
Vitória
Corinthians
Vitória : Fernando Miguel, José Welison, Victor Ramos, Ramon e Diego Renan; Amaral, Willian Farias (Marcelo) e Leandro Domingues; Marinho, Vander (Alípio) e Kieza
Corinthians: Walter; Fagner, Felipe, Balbuena e Uendel; Bruno Henrique; Marquinhos Gabriel, Elias, Guilherme e Giovanni Augusto; André.
ÁRBITRO: Heber Roberto Lopes (SC)
INCIDENCIAS: Partida válida pela 2ª rodada do Campeonato Brasileiro, no Estádio Manoel Barradas (Barradão), em Salvador.

Após uma semana de protestos por parte de sua torcida e o empate contra o Grêmio no último fim de semana, neste domingo (22), o Corinthians visitará a equipe do Vitória no Barradão, na tentativa de se reerguer e afastar da memória as eliminações em casa que tanto frustraram a Fiel Torcida. A equipe mandante, por sua vez, vinda de uma vitória no meio da semana pela Copa do Brasil, que lhe rendeu a classificação para a terceira fase da competição, também não estreou muito bem no Campeonato Brasileiro (perdeu para o Santa Cruz por 4 a 1) e, contra a equipe paulista, busca a chance de um recomeço no campeonato.

Com algumas mudanças no time titular, Tite surpreendeu ao mandar para o banco o goleiro Cássio, que defende a meta corinthiana há 4 anos, mas atualmente tem cometido uma quantidade demasiada de erros, e tem sido um dos principais alvos da torcida corinthiana. “Está confirmada a continuidade do Walter. Eu explico por que eu trato como continuidade. Ele tem entrado em uma série de jogos, está bem. Foi bem no último jogo, foi bem em jogos importantes, veio amadurecendo ao longo deste tempo e tem ele oportunidade e merecimento para continuar” declarou o técnico durante entrevista coletiva na sexta-feira. A entrada de seu substituto como titular surpreendeu até mesmo o próprio Cássio, que evitou questionamentos, mesmo reprovando a decisão. Além da entrada de Walter, o Corinthians ainda tera como novidade Giovanni AugustoGuilhermeMarquinhos Gabriel iniciando a partida.

O jogo dessa tarde pode também ser o adeus de Elias. Ele e o zagueiro Balbuena terão de se apresentar, após a partida, às suas respectivas seleções para a disputa da Copa América Centenário. O meia, porém, pode não retornar ao Brasil ao fim da competição. Isso porque o assédio de clubes chineses ao jogador que começou no fim do ano passado é cada vez mais forte e, dessa vez, a principal proposta vem de um clube que ficou conhecido na última janela: Shandong Luneng, equipe dirigida por Mano Menezes, com quem Elias viveu os melhores momentos de sua carreira. Especula-se também o interesse de mais um dos clubes que ficaram conhecidos no último período de transferências, o Tianjin Quanjian, dirigido por Vanderlei Luxemburgo. A janela de transferências na China vai de 21 de junho a 15 de julho, que coincide com o período de disputa da Copa América Centenário, podendo a negociação ser concluída antes do fim da competição.

Do lado Rubro-Negro, que chega com moral após bater a Lusa por 3 a 1 durante a semana, boas notícias para o torcedor. Depois de ficarem de fora da partida contra a Portuguesa, na quinta-feira, os jogadores Willian FariasDagoberto e Marinho, que vinham se recuperando de lesão, foram relacionados para a partida contra o Corinthians. A "novidade" foi divulgada pelo clube baiano após o último treino realizado antes da partida, no sábado de manhã.

Um dos confirmados na titularidade da equipe do técnico Vagner Mancini, o volante José Welison que diante do Timão atuará como lateral-direito, afirmou que o Vitória precisa ser cirúrgico para conseguir vencer a partida, e conta com com o forte apoio da torcida no Barradão para isso. "O fator casa para nossa equipe vai ser muito importante nesta Série A. Dentro do Barradão não vamos vacilar e contamos com o apoio da torcida neste jogo, que é muito importante para nossa equipe. Quando a torcida do Vitória comparece, tudo fica mais fácil para a gente dentro de campo" declarou.