Apesar do gol marcado, Fágner lamenta por atuação contra Vitória: "Tivemos desempenho ruim"

Corinthians perde chances claras; marca duas vezes, mas vê Marinho e Kieza  virarem para o Vitória no Barradão

Apesar do gol marcado, Fágner lamenta por atuação contra Vitória: "Tivemos desempenho ruim"
Lateral-direito do Timão chegou a fazer o 2 a 1, mas a equipe cedeu a virada (Foto: Daniel Augusto Jr./Ag. Corinthians)

Neste domingo (22), o Vitória recebeu o Corinthians, atual campeão brasileiro, no Barradão. E de virada, venceu o alvinegro paulista por 3 a 2. O primeiro tempo foi repleto de oportunidades para o time paulista, que chegou diversas vezes com muito perigo ao gol do time do Vitória. O lateral direito Fagner, fez o segundo gol do Timão, mas não impediu a virada do time baiano. Para Fagner, falta calma e tranquilidade na definição das jogadas.

“É preciso ter tranquilidade, um pouquinho mais de calma. Às vezes ficamos ansiosos para definir a jogada pra ter um mais de frieza, de calma pra decidir”  afirmou o lateral direito.

Há cinco jogos sem vencer – somando as eliminações na Libertadores e Paulista – o Corinthians, desceu para o vestiário do Barradão vencendo por 2 a 1. Gols de Uendel e Fagner. Leandro Domingues marcou para o Vitória. No segundo tempo, a equipe comandada pelo técnico Vagner Mancini voltou de forma diferente, ocupando os espaços vagos no meio campo e abusando de jogadas rápidas com Marinho e Kieza. 

“O desempenho não foi ruim. Criamos bastantes chances de gol e infelizmente não conseguimos fazer. Tomamos a virada e ai correr atrás fica difícil. É ter paciência, trabalhar pensando no próximo jogo”.

Já a equipe de Tite, não voltou para o campo com a mesma intensidade. Individualmente a equipe também caiu e acabou sofrendo a virada, com gols de Marinho e Kieza.

“Criamos bastante, saímos com placar na vantagem. Futebol é assim, eles empataram e cresceram no jogo. Agora é trabalhar”, completou, Fagner.

O Corinthians volta a campo, na quinta-feira (26), às 11h, na Arena Corinthians, contra a Ponte-Preta.