Buscando segunda vitória seguida para manter confiança, Corinthians visita Sport na Ilha

Equipe paulista venceu o último duelo em casa, mas precisa seguir conquistando bons resultados para pôr fim à pressão que sofria por parte da torcida

Buscando segunda vitória seguida para manter confiança, Corinthians visita Sport na Ilha
(Foto: Alexandre Schneider/Getty Images)
Sport
Corinthians
Sport: Magrão; Samuel Xavier, Henríquez, Durval e Renê; Rithely, Serginho, Gabriel Xavier, Diego Souza e Everton Felipe; Edmilson. Técnico: Oswaldo de Oliveira.
Corinthians: Walter; Fagner, Felipe, Vilson e Uendel; Cristian e Bruno Henrique; Marquinhos Gabriel, Guilherme e Giovanni Augusto; Luciano. Técnico: Tite.
ÁRBITRO: Wagner Reway (MS)
INCIDENCIAS: Partida válida pela 4ª rodada do Campeonato Brasileiro, no Estádio Adelmar da Costa Carvalho (Ilha do Retiro), em Recife.

Duas equipes que precisam da vitória, embora não estejam em situações semelhantes. De um lado, o Sport tenta conseguir o primeiro triunfo para mlehorar sua situação na tabela de classificação. Do outro lado, o Corinthians busca o segundo resultado positivo de forma consecutiva para recuperar a confiança e defender o título nacional.

Diante desse cenário, Sport e Corinthians medem forças no Campeonato Brasileiro da Série A. O jogo, válido pela quarta rodada, será realizado às 11 da manhã deste domingo (29), na Ilha do Retiro, em Recife/PE. O Leão ocupa a última colocação, com apenas um ponto ganho. O Timão é o sexto, com quatro pontos.

Vitória para amenizar insatisfação e mudar ambiente

Assim como acontecia com seu adversário paulista até a última rodada, a equipe do Sport não vence um jogo há mais de um mês, com sua última vitória sendo diante do Salgueiro por 1 a 0, ainda no Campeonato Pernambucano. De lá para cá, o time acumula sete jogos sem triunfos, com cinco derrotas e apenas dois empates, a perda do título estadual e a eliminação na Copa do Brasil

A coleção de maus resultados tem causado protestos por parte da torcida, que tem como alvo principal de sua revolta o atacante Vinícius Araújo. O jogador tem sido responsabilizado pela falta de gols da equipe. Nos últimos cinco jogos do Sport, a bola só estufou a rede adversária em uma oportunidade, provocando a ira dos torcedres do Leão da Ilha.

O momento é ruim, mas o goleiro Magrão, com a sua experiência, procura passar tranquilidade. Porém, mesmo ciente de que a Série A está apenas no começo, o ídolo rubro-negro fez questão de ressaltar que não dá mais para adiar uma possível reação.

"Não podemos desistir. Temos que continuar trabalhando e se empenhando mais ainda. Estamos chateados pela situação, tristes, mas temos que levantar a cabeça para reverter essa situação. Sabemos que tem muito campeonato ainda pela frente, mas quanto mais adiar essa vitória, mais complicado vai ser recuperar. O Brasileiro é difícil recuperar, mesmo sendo longo. Já está na hora da gente vencer", declarou.

Aliviado, Corinthians busca sequência positiva de resultados

Alívio. Esta é a palavra que melhor define o clima no Corinthians desde a última quinta-feira, quando a equipe paulista bateu a Ponte Preta por 3 a 0 em Itaquera, após um mês sem conseguir vencer. Apesar de alguns pontos a serem resolvidos internamente, após uma reunião entre jogadores, comissão técnica e a maior torcida organizada do clube, que culminou num mal estar internamente, o importante no momento é: seguir conquistando bons resultados para espanta de vez a "crise" que rondava a relação do clube com sua torcida.

Durante o último treino do Corinthians, na manha deste sábado em Recife, o técnico Tite repetiu a escalação usada contra a Macaca, provavelmente a mesma que iniciará a partida contra o Sport, na manhã deste domingo (29), na Ilha do Retiro. Sabiamente, Tite pediu que a viagem da equipe fosse antecipada para sexta, após o treino em São Paulo, para que seus jogadores tivessem mais tempo para acostumar-se com o clima pernambucano, com um treino em horário aproximado ao do jogo de amanhã.

Mantendo esta escalção, Tite manterá o esquema 4-2-3-1, com Bruno Henrique tendo mais liberdade para chegar ao ataque. Diante da Ponte, por exemplo, o volante apareceu na entrada da área e marcou o segundo gol da equipe. Já o atacante Luciano permanecerá na vaga de André.

Após boa atuação ante a Ponte Preta, coroada com um golaço, Guilherme concedeu entrevista coletiva e mostrou foco na busca por atuações convincentes e que ajudem o Corinthians na conquista de resultados positivos. "Claro que não posso garantir 38 jogos maravilhosos, mas almejo mais gols e dar mais passes nessa função. Criei bastante contra o Vitória e agora fiz um gol contra a Ponte. Sou um sonhador, fico trabalhando e pensando em cada vez mais gols", afirmou o camisa 10 do Timão.