Em dia de homenagens a Tite, Corinthians enfrenta Botafogo pelo Campeonato Brasileiro

Com retrospecto desfavorável contra os cariocas, o Timão precisa vencer para tentar retornar ao G-4

Em dia de homenagens a Tite, Corinthians enfrenta Botafogo pelo Campeonato Brasileiro
(Foto: Edmar Barros / Agência Estado)
Corinthians
Botafogo
Corinthians: Cássio; Fagner, Pedro Henrique, Balbuena e Uendel; Bruno Henrique e Rodriguinho; Giovanni Augusto, Guilherme e Marquinhos Gabriel; Romero.
Botafogo: Sidão; Luis Ricardo, Renan Fonseca, Emerson Silva e Diogo; Airton (Dierson), Bruno Silva, Gervasio Nuñez e Leandrinho; Neilton e Sassá.
ÁRBITRO: Rodolpho Toski Marques (Asp.Fifa-PR)
INCIDENCIAS: Partida válida pela 9ª rodada do Campeonato Brasileiro de 2016, a ser disputada na Arena Corinthians, em São Paulo.

A ausência que já foi destaque na última partida da equipe paulista na quinta-feira (16), contra o Fluminense, ganhará um pouco mais de força e saudosismo neste domingo (19), ás 16 horas. À convite do clube do Parque São Jorge, o novo comandante da Seleção Brasileira, Tite, será homenageado por clube e torcida na casa do Corinthians, que enfrentará a equipe do Botafogo pela nona rodada do Campeonato Brasileiro. Vindos de duas derrotas consecutivas, os mandantes precisam de uma vitória sobre o alvinegro carioca para retornar ao G-4 e "tomar um novo rumo" após perder seu comandante. Já do lado visitante, é preciso vencer para manter-se longe do Z-4, a famosa zona de rebaixamento.

O Corinthians, nesta tarde, entra em campo com certa preocupação. A derrota para o Fluminense no meio da semana revelou certa insegurança por parte da equipe após a saída do treinador. O clube vem enfrentando incertezas em relção a quem será o substituto do técnico que virou ídolo corinthiano, já que as primeiras opções da direção acabaram declinando o convite. Recentemente, o nome de Cristóvão Borges surgiu com força para assumir a posição. Entretando, o ex-volante não é unanimidade nem entre os dirigentes, e nem em meio a torcida. Por hora, quem tem ocupado a vaga que pertencia a Tite é o técnico interino, Fábio Carilli, que esteve á frente da equipe na última rodada, mantendo a formação utilizada pelo ex-professor.

No Botafogo, Ricardo Gomes sabe que, mesmo no momento de fragilidade que enfrenta seu adversário, o duelo não será fácil. "Independentemente do Corinthians, o mais importante não é o adversário. Minha preocupação não é time, é a qualidade do nosso jogo. O trabalho feito pelo Tite começou com um time, teve que fazer nova mudança, mas o conceito está bem claro. Isso vai ficar alguns meses na cabeça dos jogadores. Pode ser que o Tite não esteja na beira do campo. Mas os conceitos estarão. É Corinthians do Tite que nós vamos enfrentar" declarou o treinador. A seu favor, no entanto, há o retrospecto da equipe carioca contra o Corinthians em duelos fora de casa. Os cariocas não perdem um confronto há dez anos, tendo disputado ao longo desse tempo sete jogos. O Glorioso, que ocupa posição completamente oposta a do Timão no campeonato, vem de uma vitória contra o América-MG por 3 a 0, e luta para fugir da zona de risco.

As escalações de ambas as equipes devem permanecer as mesmas de suas últimas partidas, exceto por alguns desfalques, que seguem sem condições de jogo. Havia a expectativa pelo retorno de Joel Carli para os botafoguenses, mas o jogador não foi relacionado, assim como o jovem Emerson. Dessa forma, Renan Fonseca e Emerson Silva formam a dupla de zaga. Walter, goleiro corinthiano que deixou o último jogo da equipe com suspeita de lesão, segue fora, sendo substituído por Cássio. O departamento médico do Corinthians ainda conta com Cristian, Elias, Danilo, Vilson, Matheus Vidotto e Bruno Paulo e ficara sem Yago, por suspensão.