Após tarde brilhante, Romero rebate críticos: "Muitos falaram que eu não tinha futebol para jogar aqui"

O jogador, que cogitou deixar o clube no meio deste ano, passou a titular com a chegada de Cristóvão Borges, e hoje é o artilheiro da equipe paulista no ano

Após tarde brilhante, Romero rebate críticos: "Muitos falaram que eu não tinha futebol para jogar aqui"
Foto: Daniel Augusto Júnior/Agência Corinthians

A tarde iluminada vivida por Ángel Romero foi um presente para todos os corinthianos, tanto dentro quanto fora da Arena Corinthians. Responsável por dois gols e participando dos lances dos outros dois na vitória por 4 a 0 sobre o Flamengo, o atacante paraguaio foi eleito o melhor jogador em campo e colocou para fora o peso de todas as críticas que vinha recebendo nas poucas oportunidades que havia tido no clube até então.  

"Muitas pessoas falaram que eu não tinha futebol para jogar aqui. Essas pessoas, primeiro, têm de conhecer antes de falar. Primeiro, ficar calado e deixar que o cara possa jogar. Eu não estava jogando. Os caras falavam que eu só fazia gols em times pequenos...fiz contra São Paulo, Flamengo e Santos. Acho que são times grandes, né?" desabafou o atacante. 

Uma das grandes reclamações de Romero desde sua chegada ao Corinthians, em 2014, sempre foi a falta de uma sequência de jogos, especialmente após o retorno do técnico Tite ao clube. O atacante chegou a ser a última opção do banco a ser utilizada pelo treinador, com quem teve algumas chances no início deste ano, após o desmanche da equipe campeã brasileira. As condenações por suas atuações nas poucas vezes em que entrara em campo e a falta de chances na equipe titular chegaram a fazer com que Romero cogitasse a possibilidade de deixar o Timão na janela de transferência do meio do ano.  

As coisas passaram a mudar com a saída de Tite para o comando da Seleção Brasileira, e a chegada de Cristóvão Borges. Com o novo treinador, Romero chegou a seu quinto jogo seguido como titular, e então os gols voltaram a aparecer. "Eu via o Corinthians jogar antes de estar aqui, então tenho conhecimento dos jogadores. O Romero vi jogar muitas vezes, e vi que ele sabe jogar nas três funções da frente, mas rende mais na direita. Ele está aproveitando a chance" declarou o técnico alvinegro.

Ao todo, após a partida deste domingo (3), o paraguaio soma 13 gols no ano, e é o artilheiro da equipe paulista. "O momento que eu queria chegou. Fico feliz por ter essa sequência de ser titular. Por mais que faça um jogo ruim, o Cristóvão sempre acreditou no meu futebol. Isso faz com que você entre mais confiante" afirmou o jovem atleta, demonstrando gratidão ao técnico. 

A boa atuação do atacante ajudou o Corinthians a chegar a 25 pontos no campeonato, seguindo na vice-liderança pelo saldo de gols. Na primeira colocação, o Palmeiras, que soma os mesmos 25 pontos fechará a 13ª rodada contra o Sport nessa segunda (4), na Ilha do Retiro.